Tempo
|
A+ / A-

Papa assina "Fratelli tutti" em Assis e elogia trabalho de tradução de um português

03 out, 2020 - 16:20 • Aura Miguel

Francisco elogiou o trabalho dos seus tradutores, com especial destaque para os responsáveis das secções de língua portuguesa e espanhola.

A+ / A-

O Papa Francisco assinou em Assis a nova Encíclica “Tutti Fratelli” (todos irmãos) e faz um elogio a Mons. Ferreira da Costa, que trabalha na secção portuguesa da Secretaria de Estado do Vaticano.

Após ter celebrado missa junto ao túmulo de São Francisco, o Santo Padre elogiou o trabalho dos seus tradutores, com especial destaque para os dois responsáveis das secções de língua portuguesa e espanhola, respetivamente, Mons. António Ferreira da Costa e Mons. Juan Antonio Cruz, que acompanharam até Assis.

Antes da assinatura do documento, o Papa celebrou missa, sem a presença de fiéis e não proferiu homilia.

“Fratelli tutti” será publicada no domingo, após a oração do angelus, na Praça de São Pedro.

Mons. António Ferreira da Costa, natural de Vila do Conde, trabalha na Secção portuguesa da Secretaria de Estado desde 1990

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+