Tempo
|
A+ / A-

Saiba como pode acompanhar as celebrações da Páscoa a partir de casa

08 abr, 2020 - 20:25 • Filipe d'Avillez

Este ano, por causa da pandemia, a oferta de transmissões de celebrações é muito maior do que normalmente, pois todas as dioceses e um grande número de paróquias encontrou forma de transmitir as suas nas redes sociais.

A+ / A-

Veja também:


A Páscoa é o ponto alto do calendário cristão, mas pela primeira vez desde que há memória em Portugal, as celebrações terão de ser feitas sem a presença do povo.

A pandemia de coronavírus vai deixar as igrejas praticamente vazias em todo o mundo e Portugal não é exceção. Felizmente, a tecnologia permite que os fiéis sigam as celebrações a partir de casa, pela rádio, pela televisão ou pela internet.

Este ano, como é aliás seu costume, a Renascença transmitirá as principais celebrações da Páscoa. Pode acompanhar a emissão pela rádio ou através da transmissão pelo site. Dadas as circunstâncias da pandemia, as transmissões serão todas feitas a partir de Lisboa

A primeira celebração é a Missa da Ceia do Senhor, na quinta-feira, dia 9 de abril, que pode acompanhar a partir das 19h, transmitida em direto a partir da Sé de Lisboa. Esta e todas as outras celebrações pascais do Patriarcado de Lisboa serão transmitidas também através da sua página de Facebook. Se essa hora não for conveniente, tem várias alternativas, uma vez que quase todas as dioceses, por via das circunstâncias, estão a transmitir as suas celebrações através da internet. D. António Marto, por exemplo, preside à missa da Ceia do Senhor às 18h, com transmissão aqui.

Na Sexta-feira Santa os cristãos recordam a Paixão e morte de Cristo. É o único dia do ano em que não se celebra missa, mas a celebração da Paixão de Jesus, a partir da Sé, às 15h. Precisamente à mesma hora, por ser a hora a que se acredita que Jesus morreu, o bispo do Porto preside à mesma celebração, com transmissão em direto através do Facebook da diocese. Antes, porém, serão transmitidas as laudes, a oração litúrgica da manhã, a partir das 9h30, em direto do Seminário dos Olivais. Ainda na sexta-feira à noite a Renascença transmite a Via Sacra, diretamente de Roma, com comentários do assistente espiritual da rádio, o padre Vítor Gonçalves, do animador Óscar Daniel e da vaticanista Aura Miguel. A Via Sacra de Roma poderá ser também acompanhada em direto através do site da Renascença, em streaming.

No sábado, véspera da Páscoa, tem mais três momentos de oração a que pode assistir na Rádio. Logo de manhã, de novo as laudes a partir do Seminário dos Olivais, às 9h30 e do mesmo local as vésperas, a oração do final do dia, às 18h30. O momento alto de sábado é, porém, a Vigília Pascal, que terá lugar na Sé de Lisboa a partir das 21h30 e que marca a primeira das celebrações da Ressurreição de Cristo. O arcebispo de Évora preside à Vigília Pascal a partir daquela cidade às 21h, com transmissão na página de Facebook da arquidiocese.

No Domingo de Páscoa a Renascença transmite, em conjunto com a RTP, a missa da Sé de Lisboa às 10h30 e no final o direto passa para Roma, de onde o Papa Francisco profere a sua bênção Urbi et Orbi, ou “para a cidade e para o mundo”. De Braga, D. Jorge Ortiga celebra a missa de Páscoa às 11h, com transmissão em direto na página de Facebook da arquidiocese.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • maria manuela maia
    11 abr, 2020 aveiro 23:31
    Penso que o Sr 1º ministro está a precipitar o futuro do pais,dizendo:para o ano vai haver..........Necessário é tratar com pinsas os problemas presentes. Evitar que os combóios da linha andem lotados, enviar materias a todo o País,reforçar medidas de proteção sem ter medo que seja falta de democracia,etc
  • Joaquim Santos
    09 abr, 2020 Tojal 14:10
    Maria Mãe da Bondade em 1 de Abri de 2020 em S. Marcos da Serra, manda um recado para a Igreja Portuguesa: "Abram as portas para os seus paroquianos para que, em união com meus filhos predilectos sacerdotes, e em obediência, celebrem uma hora de Adoração Eucarística Diária para que a criatura humana não resista ao Amor Divino."

Destaques V+