Tempo
|
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
A+ / A-

Abusos sexuais. Papa condena mais um bispo norte-americano

04 abr, 2019 - 12:07 • Ecclesia

Anthony Sablan Apuron foi considerado culpado das acusações de abusos que eram imputadas.

A+ / A-

A sala de imprensa da Santa Sé anunciou esta quinta-feira a condenação, após julgamento do último recurso, de D. Anthony Sablan Apuron, da arquidiocese de Agaña, na ilha pacífica de Guam.

O Tribunal da Congregação para a Doutrina da Fé, composto por cinco juízes, considerou o arcebispo culpado das acusações de abusos sexuais que lhes eram dirigidas.

A decisão da primeira instância foi assim confirmada, após recurso do arcebispo.

Anthony Sablan Apuron foi, por isso, condenado à “cessação do ofício” e proibido de residir na arquidiocese de Agaña, mesmo que de forma temporária. A estas penas soma-se a “proibição perpétua de usar as insígnias próprias do ofício de bispo”.

O caso levou o Papa Francisco a enviar o cardeal Raymond Burke à ilha do Pacífico para liderar as investigações. O arcebispo de Guam é acusado de ter abusado de rapazes durante os anos 70 do século XX.

Ainda nesta quinta-feira, e também na sequência de outro caso de abusos sexuais, o Vaticano anunciou a nomeação de um novo arcebispo para Washington: D. Wilton D. Gregory, de 71 anos, até agora responsável pela diocese de Atlanta.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+