Tempo
|
A+ / A-

​Papa deseja “paz e bem-estar” aos portugueses

19 set, 2015 - 16:51 • Ecclesia

Francisco enviou uma mensagem a Portugal no caminho para Cuba.

A+ / A-

O Papa Francisco enviou este sábado um telegrama ao Presidente da República, Cavaco Silva, quando sobrevoava território nacional a caminho de Cuba, desejando a todos os portugueses “paz e bem-estar”.

“Ao entrar no espaço aéreo português, dirijo saudações cordiais a vossa excelência e aos vossos concidadãos. Rezo para que Deus Todo-Poderoso possa abençoar a nação com paz e bem-estar, invocando para vós a bênção de Deus Omnipotente”, lê-se no telegrama do Papa a Aníbal Cavaco Silva, divulgado pela sala de Imprensa da Santa Sé.

Francisco iniciou este sábado de manhã a décima viagem apostólica internacional, para visitar Cuba e Estados Unidos da América, estando prevista a chegada ao Aeroporto Internacional de Havana, às 21h00 em Lisboa, após 12 horas de voo.

A viagem mais longa do actual pontificado vai encerrar-se no próximo dia 28, com o regresso a Roma.

A visita apostólica inclui encontros com os presidentes dos dois países, Raul Castro e Barack Obama, após a recente aproximação diplomática entre Cuba e EUA que contou com o apoio do Vaticano.

O programa tem como pontos de relevo a visita à ONU, uma oração no local dos atentados do 11 de Setembro e a participação no VIII Encontro Mundial das Famílias, na cidade norte-americana de Filadélfia.

Estão previstas 26 intervenções, quatro das quais em inglês, e sete voos que perfazem um total de 19 mil quilómetros.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • António
    19 set, 2015 Porto 21:26
    Meus Amigos! Comentário demasiado acutilante e fundamentado, para ser publicado. E continuo a dizer muito se engana quem cuida, que dar acolhimento a refugiados é manteiga ou doce no pão. Bem-haja

Destaques V+