Siga-nos no Whatsapp
A+ / A-

Estoril-FC Porto

FC Porto promete tomar "todas as medidas que os regulamentos permitem"

16 jan, 2018 - 18:47

Comunicado dos azuis e brancos dando conta disso mesmo. FC Porto saúda "comportamento irrepreensível" dos seus adeptos, evacuados de urgência de uma bancada em risco de ruir no Estoril.

A+ / A-

O FC Porto pretende explorar, até às últimas consequências, o texto em vigor no Regulamento Disciplinar da Liga Portugal, no sentido de defender os seus "interesses desportivos", na sequência da suspensão do desafio com o Estoril, na noite de segunda-feira, devido a falta de segurança de uma das bancadas do Estádio António Coimbra da Mota, na Amoreira.

O artigo 94 do Regulamento Disciplinar prevê a possibilidade do Estoril ser punido com a sanção de derrota, caso sejam imputadas ao clube responsabilidades pelo incidente.

Em comunicado divulgado ao final da tarde desta terça-feira, os azuis e brancos são claros quanto ao assunto.

"Independentemente dos processos administrativos em curso sob a égide da Liga Portuguesa de Futebol Profissional, o FC Porto tomará todas as medidas que os regulamentos em vigor permitem, com o objetivo de salvaguardar todos os seus interesses desportivos, bem como dos seus sócios e adeptos", disparam os dragões, que saúdam, noutra vertente, o "comportamento irrepreensível dos seus sócios e adeptos" no reduto estorilista.

"Viram-se confrontados com uma situação de grave abatimento na parte central da bancada que ocupavam, o que levou a que o jogo com o Estoril Praia não tivesse recomeçado após o intervalo, por decisão das entidades responsáveis pela segurança", pode ler-se na referida nota.

O Estoril entrará em vantagem no marcador, devido ao golo de Eduardo Teixeira, marcado na primeira parte. O jogo foi interrompido ao intervalo e não foi retomado, por questões de segurança numa das bancadas do reduto "canarinho", que albergava cerca de milhar e meio de apoiantes portistas.

A segunda parte do Estoril-Porto irá realizar-se entre as jornadas 23 e 24 da Primeira Liga. Os canarinhos reencontram o Porto, entre os jogos com Belenenses e Chaves. Os dragões jogam com Rio Ave na 23ª jornada e com o Portimonense, na jornada 24. Esta segunda partida antecede o clássico com o Sporting, no Dragão.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Anonimo
    17 jan, 2018 Porto 01:01
    Para o sr. Paulo de Coimbra só lhe digo que acho absurdo que venha defender o FC Porto, pois se fosse o Benfica em vez do FC Porto a fazer o mesmo, de certeza que já vinha para ai criticar o Benfica, pelo que esse senhor devia ter um bocado de juizo nessa questão
  • portugues
    16 jan, 2018 portugal 22:20
    Cada vez que o porto esteja a perder, interrompe-se o jogo para ganhar na secretaria. Tem de ganhar o campeonato á força
  • Marco Antunes
    16 jan, 2018 22:14
    "O FC Porto pretende explorar, até às últimas consequências, o texto em vigor no Regulamento Disciplinar da Liga Portugal, no sentido de defender os seus "interesses desportivos"", ou seja, tudo fará para ganhar na secretaria. Comportamento exemplar, com roubos, agressões e desacatos à mistura "à lá" SD. Enfim algo a ter em conta ... para não fazer, claro.
  • PC
    16 jan, 2018 CB 22:05
    É este clube que procura a verdade desportiva ? parece que querem ganhar os jogos fora do campo... na verdade são especialistas nisso há já muitos anos ! qualquer criança percebe que havia condições para jogar este jogo... Como não houve danos no relvado ou nos balneários e o público desimpediu atempadamente o relvado, se não jogaram foi porque não quiseram... aos adeptos lesados restituía-se o valor do bilhete !
  • ZÉ Ninguem
    16 jan, 2018 Soromenho 21:59
    A RR não deve por o carro `frente dos bois, nem toda a comunicação social. Mas já sabemos que o que querem é dar n inicias mês mo que sejam falsas O LENE que é autoridade mais competente deste País vai fazer as respectivas vistorias e publicar o relatório. DEPOIS FALAMOS. QUERO VER AS AUTORIDADES PRINCIPALMENTE AS DESPORTIVAS A CONDENAR POR DIFAMAÇÃO SE AS COISAS ESTIVEREM TODAS BEM.
  • António Baptista
    16 jan, 2018 Coimbra 21:50
    Não ganhamos a bem ganhamos a mal.O Benfica que se cuide, o Saporting não conta,porque já foi mandado o email...............
  • Pina
    16 jan, 2018 Porto 21:16
    Vão ganhar na secretaria!!!
  • Santos
    16 jan, 2018 leiria 20:45
    esta equipa do vale tudo já quer ganhar o jogo na secretaria já que em campo não consegue, então e quando no estadio da Luz começou a cair o amianto, a ser assim o Sporting tinha sido campeão, é por causa destas e de outras que o futebol esta cada dia pior e mais podre neste País.
  • Carlos Gonçalves
    16 jan, 2018 Seixal 20:38
    Os oportunistas vêem-se nas diferentes oportunidades. Por acaso foi de propósito que o Estoril fez ruir a bancada. Tenham juízo e façam-se gente!!
  • José Silva
    16 jan, 2018 Paço de Arcos 20:27
    Para tal têm de provar de for clara e inequívoca a razão pela qual se deu o incidente. No limite até pode redundar na derrota do Porto.

Destaques V+