Tempo
|
A+ / A-

Costa segura Cravinho e diz que não demite ministros por serem arguidos

02 out, 2023 - 23:45 • Manuela Pires com Redação

O líder do Governo foi perentório e disse que não tem informações, por agora, que levem à saída do ministro.

A+ / A-

O primeiro-ministro voltou a dar confiança ao ministro dos Negócios Estrangeiros, João Gomes Cravinho, e garantiu que não demite ministros por serem arguidos em processos judiciais.

Em entrevista à TVI/CNN Portugal, António Costa foi questionado sobre o envolvimento de Cravinho no processo Tempestade Perfeita e criticou "fugas seletivas" de escutas.

O líder do Governo foi perentório e disse que não tem informações, por agora, que levem à saída do ministro.

"Não tenho outra informação que não seja na imprensa. Há uns cidadãos que são arguidos e que querem implicar o ministro para terem um escudo protetor. Se chama a isso ele estar implicado, então estamos todos implicados em alguma coisa", apontou.

Costa pediu, também, ao Ministério Público para agir "se tem alguma coisa a apontar" a João Cravinho.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Americo
    03 out, 2023 Leiria 08:09
    Criar teorias de conspiração é muito perigoso. O lastro de casos é longo neste governo. Porque será?
  • ze
    03 out, 2023 aldeia 07:29
    Já estamos habituados, este governo é só (quase) arguidos.Ainda irá entrar para o Guiness!

Destaques V+