Tempo
|
A+ / A-

Marcelo responde a Costa: "É preciso muita criatividade para lidar com três governos diferentes"

11 nov, 2022 - 20:03 • Redação

"Se o Presidente não é criativo, como é que se molda a realidades que são diferentes?”, disse o Presidente da República em resposta a uma frase recente do primeiro-ministro, elogiando a criatividade de Marcelo. Noutro plano, o Presidente evitou comentar a alegada pressão do primeiro-ministro sobre o ex-governador do Banco de Portugal para manter Isabel dos Santos na administração do BIC.

A+ / A-

Marcelo Rebelo de Sousa considera-se um Presidente da República “criativo”.

Foi a resposta do Chefe do Estado a uma frase recente do primeiro-ministro considerando Marcelo um Presidente criativo.

“Fica-me mal qualificar-me, mas eu penso que sou criativo”, respondeu Marcelo aos jornalistas, evitando fazer o autoelogio.

“Só por ser criativo cheguei a Presidente e só por ser criativo fui reeleito, e é preciso muita criatividade para lidar com três governos diferentes. Se o Presidente não é criativo, como é que se molda a realidades que são diferentes?”, argumentou o Presidente da República.

Pressão sobre o Banco de Portugal? “Não vou comentar um livro que não li”

Noutro plano, Marcelo recusou comentar o caso da alegada pressão de António Costa sobre o ex-governador do Banco de Portugal para manter Isabel dos Santos na administração do BIC.

Em causa está um livro do jornalista do Observador, Luís Rosa, com entrevistas a Carlos Costa.

“Não li o livro, portanto não vou comentar um livro que não li. Chegou-me às mãos ontem, passei uma vista de olhos rápida, mas ontem não foi um dia propício a ler uma obra de 400 páginas”, justificou Marcelo.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+