Tempo
|
A+ / A-

MAI admite fim dos vistos Gold

02 nov, 2022 - 15:21 • Manuela Pires , com redação

José Luís Carneiro considera que o programa de concessão de vistos já cumpriu a sua missão.

A+ / A-

O ministro da Administração Interna, José Luís Carneiro, admite que o programa de vistos Gold tem os dias contados.

O cenário foi avançado por José Luís Carneiro, esta quarta-feira, durante a apreciação na especialidade da proposta de Orçamento do Estado para 2023 (OE2023).

“O Ministério dos Negócios Estrangeiros, o Ministério da Administração Interna e também o Ministério da Economia procederão a uma avaliação dos vistos Gold e, depois dessa avaliação, provavelmente haverá a decisão de eliminar essa modalidade”, declarou o ministro da Administração Interna.

José Luís Carneiro considera que o programa, que permite a autorização de residência a cidadãos estrangeiros, “cumpriu uma das funções primordiais de atração de investimento, permitindo também responder agora a outras preocupações, nomeadamente capacidade de resposta em termos de habitação e de alojamento”.

O primeiro-ministro, António Costa, tinha afirmado esta quarta-feira que o Governo está a reavaliar os Vistos Gold.

"Há programas que nós estamos neste momento a reavaliar e um deles é o dos vistos Gold, que, provavelmente, já cumpriu a função que tinha a cumprir e que neste momento não se justifica mais manter", declarou o primeiro-ministro na Web Summit, em Lisboa.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+