Tempo
|
A+ / A-

Costa reitera a Olena Zelenska o "firme compromisso" de Portugal no apoio à Ucrânia

02 nov, 2022 - 20:43 • Lusa

Esta terça-feira, a primeira-dama ucraniana discursou na sessão de abertura da Web Summit, em Lisboa, ocasião em que acusou a Rússia de colocar a tecnologia "ao serviço do terror" e pediu ajuda ao setor da inovação.

A+ / A-

O primeiro-ministro recebeu esta quarta-feira em São Bento a primeira-dama da Ucrânia, Olena Zelenska, e reiterou “o firme compromisso” de Portugal no apoio ao país e aos “enormes” desafios com que se confronta.

A posição foi transmitida por António Costa na sua conta na rede social Twitter, após ter estado reunido com Olena Zelenska, mulher do Presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky.

“Reiterei o firme compromisso de Portugal no apoio à Ucrânia e o nosso empenho em encontrar soluções para os enormes desafios com que o país se confronta”, escreveu o líder do executivo português.

Na terça-feira, a mulher do Presidente ucraniano, Olena Zelenska, discursou na sessão de abertura da Web Summit, em Lisboa, ocasião em que acusou a Rússia de colocar a tecnologia "ao serviço do terror" e pediu ajuda ao setor da inovação.

"A Rússia põe a tecnologia ao serviço do terror e o que vemos hoje é resultado do uso dessa tecnologia", afirmou, acrescentando que os especialistas em tecnologia russos que antes trabalhavam no setor privado colaboram agora na guerra contra a Ucrânia.

Olena Zelenska defendeu depois que "a tecnologia deveria ser usada para salvar e ajudar pessoas, não para destruir".

"Vocês são a força que move o mundo", disse, dirigindo-se à plateia do recinto principal da Web Summit, formada essencialmente por empresários.

O primeiro-ministro português esteve em Kiev em 21 de maio passado, reuniu-se com o presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, e manifestou a disponibilidade de Portugal para participar num programa de reconstrução de escolas e jardins de infância da Ucrânia, ou patrocinar a reconstrução de uma zona territorial a indicar pelas autoridades ucranianas.

Das opções pela reconstrução, o líder do executivo português manifestou preferência pela referente às escolas e jardins de infância, dizendo que o Estado Português tem experiência recente na execução desses programas de modernização de estabelecimentos de ensino.

Em Kiev, no final de uma reunião com o primeiro-ministro ucraniano, Denys Shmyhal, António Costa assinou um acordo para a concessão de um apoio financeiro de 250 milhões euros à Ucrânia.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Raul Silva
    02 nov, 2022 Agualva-Cacém 22:41
    E, no fim, um cheque no valor de 125 euros.

Destaques V+