Tempo
|
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
A+ / A-

Marcelo Rebelo de Sousa

Polémica com Ana Abrunhosa. "Há que apurar se alguém com responsabilidades beneficiou alguém próximo seu por parentesco"

28 set, 2022 - 22:29 • Lusa

Questionado sobre a notícia do Observador sobre fundos comunitários atribuídos a empresa detida a 40% pelo marido da ministra da Coesão, Ana Abrunhosa, Marcelo evitou comentar: "não vou comentar nenhum caso particular, muito menos aqui no estrangeiro".

A+ / A-

O Presidente da República evitou comentar o caso do marido da ministra da Coesão Territorial, cujas empresas beneficiaram de fundos comunitários, embora insista que, em geral, perante dúvidas sobre benefício de políticos a familiares é preciso apurar as circunstâncias.

"Primeiro, há que apurar quem é que tomou decisões, como é que tomou decisões e se há alguém com responsabilidades que beneficiou alguém próximo seu por parentesco ou por outro tipo de ligação", referiu Marcelo Rebelo de Sousa, em declarações aos jornalistas em Sausalito, na Califórnia.

"Segundo, se são situações anteriores, que vinham do passado, ou não. Terceiro, se violam a igualdade em relação a outras situações", completou.

Questionado sobre a notícia do Observador sobre fundos comunitários atribuídos a empresa detida a 40% pelo marido da ministra da Coesão, Ana Abrunhosa, o chefe de Estado respondeu: "Eu não gosto de comentar casos particulares e não vou comentar nenhum caso particular, muito menos aqui no estrangeiro".

No entanto, logo de seguida, Marcelo Rebelo de Sousa afirmou que em termos gerais tem "posições de teoria sobre essa matéria" e enunciou circunstâncias que no seu entender é preciso apurar nestes casos.

"Só aplicando esta teoria, esta filosofia aos casos concretos é que se pode chegar a alguma conclusão", acrescentou.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Americo
    29 set, 2022 Leiria 08:06
    Sr. Presidente, pare de fazer comentários. Já não é comendador da televisão. Faça esse favor aos Portugueses.........

Destaques V+