Tempo
|
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
A+ / A-

Líder do PSD pede a Augusto Santos Silva para sensibilizar partidos a aprovarem vice presidentes no Parlamento

26 set, 2022 - 19:36 • Redação

Luís Montenegro diz que Santos Silva "tem a responsabilidade de dar uma solução" ao problema.

A+ / A-

Luís Montenegro apelou, esta segunda-feira ao presidente da Assembleia da República, Augusto Santos Silva, para sensibilizar os partidos no Parlamento a aprovarem vice presidentes propostos a votos, mesmo que um desses possa ser do Chega.

Na semana passada, o terceiro candidato do Chega ao cargo de vice presidente da Assembleia da República foi chumbado, apesar de ter contado com apoio do líder da bancada social-democrata.

Aos jornalistas, o líder do PSD diz que Santos Silva "tem a responsabilidade de dar uma solução" ao problema.

"Olhando para a expressão da vontade livre e democrática expressa pelos portugueses nas últimas legislativas, aja em conformidade, use o seu magistério de influência parlamentar para que todos os outros 229 colegas do senhor presidente da AR possam respeitar essa regra básica", defendeu.

O PSD tem sido alvo de críticas dos partidos à Esquerda por estar a ensaiar uma aproximação ao partido liderado por André Ventura.

No entanto, Luís Montenengro rejeitou que este apelo à eleição do candidato do Chega ao cargo no Parlamento seja uma aproximação política.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+