Siga-nos no Whatsapp
A+ / A-

Novo ministro da Saúde é solução equilibrada, dizem Médicos de Saúde Pública

09 set, 2022 - 18:19 • Lusa

Manuel Pizarro é "um profissional de saúde que conhece os problemas por dentro".

A+ / A-

A Associação Nacional dos Médicos de Saúde Pública (ANMSP) considerou hoje que a nomeação de Manuel Pizarro para ministro da Saúde é uma solução equilibrada entre uma "política de continuidade" e um profissional que "conhece os problemas por dentro".

Em declarações à Lusa, o presidente da ANMSP, Gustavo Tato Borges, disse que a nomeação do eurodeputado socialista e médico Manuel Pizarro para substituir Marta Temido, que se demitiu do cargo em 30 de agosto, representa "uma boa solução de compromissos" entre a "política de continuidade" do primeiro-ministro, António Costa, e "um profissional de saúde que conhece os problemas por dentro". .

Gustavo Tato Borges espera que, no quadro da solução "de equilíbrio" encontrada, os "problemas do Serviço Nacional de Saúde" sejam resolvidos, como "a situação das urgências hospitalares", a revisão das carreiras ou o financiamento das unidades de saúde pública.

Manuel Pizarro, especialista em medicina interna, foi secretário de Estado da Saúde nos dois executivos socialistas liderados por José Sócrates, entre 2008 e 2011. .

Tomará posse como ministro da Saúde no sábado.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+