Tempo
|
A+ / A-

Congresso do PSD

Moreira da Silva: Unanimismo? "Para isso não estou disponível"

02 jul, 2022 - 18:56

O candidato derrotado à liderança do PSD já discursou no congresso do Porto onde garantiu que irá garantir "todas as condições de estabilidade para o cumprimento" do mandato de Luís Montenegro, mas avisa que não está "disponível" para "unanimismos".

A+ / A-

Subiu à tribuna a assumir-se como candidato derrotado à liderança do PSD, falou de um Governo em estado de desagregação e pediu ao partido que não se limite "a esperar e que o tempo nos dê razão". Jorge Moreira da Silva pediu ainda que o "PSD se prepare de imediato" para as legislativas, atirando com um "nós nunca falhámos a Portugal".

"Com a responsabilidade acrescida de ter sido candidato" à liderança, Moreira da Silva disse querer "assegurar todas as condições de estabilidade" para o cumprimento do mandato de Luís Montenegro.

Sem nunca galvanizar o Pavilhão Rosa Mota, no Porto, Moreira da Silva ressalvou, contudo que "unidade não pode significar unanimismo, pensamento único, cinismo ou terra planagem das diferenças programáticas", acrescentando que "isto é o PSD, não é um partido de pensamento único". No remate atirou que "eu para isso não estou disponível". Mas também garantiu que "quem me apoiou não será oposição".

Depois surgiu a explicação de que não irá integrar as listas aos órgãos de direção nacional e que não irá encabeçar qualquer lista ao Conselho Nacional do partido, nem irá patrocinar ou apoiar qualquer lista.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Manuel Ferraz
    02 jul, 2022 Vila Nova de Gaia 20:16
    Estava e continuava o PSD em maus lençóis se este senhor fosse presidente do PSD . Ainda bem que ficou pelo caminho. Não chateie pelo menos.

Destaques V+