Tempo
|
A+ / A-

PAN entrega projeto de lei de despenalização da eutanásia

20 mai, 2022 - 12:09 • Susana Madureira Martins

Partido não inclui no texto o conceito de "doença fatal".

A+ / A-

O PAN acaba de entregar no Parlamento o projeto de lei de despenalização da eutanásia. Tal como nos diplomas do Bloco de Esquerda e do PS, a deputada única Inês Sousa Real não inclui no texto entregue esta sexta-feira o conceito de "doença fatal".

A inclusão deste conceito era uma exigência do Presidente da República nos fundamentos que apresentou no ano passado para vetar a lei e devolvê-la aos deputados.

Durante a tarde desta sexta-feira, o Chega deverá avançar com uma iniciativa legislativa com o objetivo de convocar um referendo sobre esta matéria.

O líder do partido André Ventura convocou os jornalistas para declarações após uma visita às instalações da Federação Portuguesa pela Vida.

O debate no parlamento sobre a despenalização da morte medicamente assistida está marcado para 9 de junho a pedido do PS.

Saiba Mais
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • João
    20 mai, 2022 Porto 12:23
    Eutanasiar é matar seres humanos de saúde física ou mental, muito débil. É uma vergonha defender a eutanásia e é uma ofensa aos mais elementares direitos de qualquer ser humano: o direito à vida! Quem a faz, colabora ou defende: é pessoa indigna e terá, provavelmente uma estrutura mental própria de criminosos…

Destaques V+