Tempo
|
A+ / A-

Covid-19

Costa toma “cautela e caldo de galinha” e continua a usar a máscara

25 abr, 2022 - 17:40 • Lusa

António Costa disse depois que, pela sua parte, “após dois isolamentos por contactos de risco e mais um isolamento por contração da covid-19”, continua “a tomar cautelas e caldos de galinha”.

A+ / A-

O primeiro-ministro afirmou esta segunda-feira que continuará a “tomar cautela e caldo de galinha”, usando a máscara em espaço fechados para se proteger da Covid-19, e avisou que o vírus continua a andar por aí.

Estas advertências foram transmitidas por António Costa em declarações aos jornalistas, depois de questionado sobre a razão que o levou a usar máscara em muitos momentos da sessão solene comemorativa do 48.º aniversário do 25 de Abril, esta manhã, na Assembleia da República.

Falando a meio das comemorações do 25 de Abril no Palacete de São Bento, o primeiro-ministro começou por frisar que o fim da obrigatoriedade do uso de máscaras em espaços públicos fechados não significa que cada cidadão não tenha a liberdade de a continuar a usar para se proteger da covid-19.

“Convém termos a noção que deixámos de usar a máscara, mas o vírus não deixou de nos usar e continua a andar por aí. Continua a contaminar as pessoas, continuam pessoas a adoecer e continuam pessoas a falecer”, avisou.

António Costa disse depois que, pela sua parte, “após dois isolamentos por contactos de risco e mais um isolamento por contração da covid-19”, continua “a tomar cautelas e caldos de galinha”.

“Vou usar máscara sempre que houver grandes ajuntamentos em espaços fechados”, frisou.

O primeiro-ministro observou que o uso da máscara deixou de ser obrigatório em muitas situações, mas disse que todos devem desejar que essa medida “tenha vindo para ficar”.

“Ninguém sabe o que vai acontecer quando regressarmos ao outono e ao inverno. Há quem diga que, provavelmente, voltaremos a ter covid-19, como tivemos outras infeções respiratórias. E, então, poderemos ter de tomar novas medidas”, acrescentou.

Tópicos
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • António Rocha
    25 abr, 2022 Braga 19:33
    Ao António Costa nunca lhe caiu a máscara, continua a ser o mesmo aldrabão de sempre.

Destaques V+