Tempo
|
A+ / A-

Líder do Chega diz que regionalização "vai trazer mais corrupção"

26 fev, 2022 - 07:34 • Lusa

Para André Ventura não é admissível qualquer processo de regionalização em Portugal sem um referendo.

A+ / A-

O líder do Chega afirmou em Setúbal que a regionalização "vai trazer um mar de corrupção" ao país e exigiu a realização de um novo referendo, tal como está previsto na atual Constituição da República.

"A nossa luta tem que ser muito clara. Nós temos que exigir um referendo sobre a regionalização porque, se já houve um referendo, se os portugueses chumbaram, votassem mais ou votassem menos, não é admissível qualquer processo de regionalização em Portugal sem um referendo, que, aliás é o que está agora na Constituição", disse André Ventura.

"Seremos uma voz forte e firme na Assembleia da República a dizer que, se avançarmos para isto sem referendo, não será uma vitória política; será uma golpada de secretaria que a Esquerda dará no país e na unidade nacional", acrescentou o líder do Chega, que falava numa conferencia organizada pelo Chega, com o lema "Regionalização ou Descentralização? O Chega e a identidade nacional".

Para André Ventura, a regionalização, tal como está a ser proposta pelos principais partidos, PS e PSD, "vai trazer para Portugal um mar de corrupção".

"E se hoje a nossa luta já é tremenda para enfrentar a corrupção neste país, eu não imagino o que seja distribuída por dezenas de novas instituições em Portugal, sejam eles parlamentos regionais, governos regionais ou assessores regionais", sublinhou.

Falando perante cerca de uma centena de apoiantes, o líder do Chega lembrou a "luta sem tréguas" do sei partido "contra esta multiplicação de cargos políticos".

"Fomos o único partido com coragem, em décadas, de dizer que aqueles deputados todos na Assembleia da República não fazem falta. Lembram-se que nos diziam que, quando fosse a nossa vez de eleger muitos, seríamos e pensaríamos diferente. Aqui estamos: somos terceira força política e continuo a achar o mesmo do que quando criámos este partido", disse.


Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Força, André!
    26 fev, 2022 Viva o Chega! 16:28
    Muito bem dito! Os compadres do Sistema querem é lugares para os jotinhas que saem das juventudes partidárias. Para isso precisam de mais uma carrada de parlamentos regionais, governos regionais, assessores regionais e claro, impostos regionais. Acrescentem mais uma camada de novo funcionalismo, para manter a maquina a funcionar, e quem vai pagar isto tudo é o Zé!

Destaques V+