Tempo
|
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
A+ / A-

Legislativas 2022

Sondagem. PSD reduz fosso e está a seis pontos do PS

07 jan, 2022 - 21:26 • Ricardo Vieira

No espaço de 12 meses, o PSD encurtou quase para metade a desvantagem para o PS, indica a sondagem da Universidade Católica.

A+ / A-

Veja também:


O PSD está em rota de aproximação ao PS nas intenções de voto, indica uma sondagem da Universidade Católica, para o Público, RTP e Antena 1, divulgada esta sexta-feira, a 23 dias das eleições legislativas de 30 de janeiro.

O Partido Socialista, de António Costa, consegue 38% das intenções de voto, na sondagem realizada entre 28 de dezembro e 5 de janeiro, menos um ponto percentual em comparação a novembro.

O PSD, que apresentou esta sexta-feira o seu programa eleitoral, sobe dois pontos, para 32%. A diferença de seis pontos é a menor desde as eleições legislativas de 2019.

No espaço de 12 meses, o PSD reduziu quase para metade a desvantagem para o PS, que também divulgou a versão integral do seu programa eleitoral. Em janeiro de 2021, os socialistas tinham 39% e os sociais-democratas 28%.

Na sondagem divulgada esta sexta-feira, a CDU sobe um ponto, para 6%, e alcança o Bloco de Esquerda.

A Iniciativa Liberal e o Chega estão empatados, com 5% das intenções de voto, o PAN desce um ponto para 2% e é apanhado pelo CDS, enquanto o Livre, de Rui Tavares, consegue 1%.

Nesta sondagem da Universidade Católica, para o Público, RTP e Antena 1, um total de 73% dos inquiridos acredita que o desfecho mais provável nas eleições de 30 de janeiro é uma vitória do PS. Por outro lado, 48% preferem uma maioria absoluta, contra 45% que aposta num futuro Governo de alianças.

Com este novo inquérito de opinião, o agregador de sondagens da Renascença estima que, se as eleições fossem hoje, o PS venceria, sem maioria absoluta, com 37,7% dos votos.

De acordo com este modelo, disponível numa página interativa da Renascença, com atualização diária, o Partido Socialista segue na frente, com pouco mais de sete pontos percentuais de avanço sobre o PSD, que soma agora 30,5% das intenções de voto estimadas.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Cidadao
    08 jan, 2022 Lisboa 12:35
    Prognósticos, só no fim do jogo. Não têm conta, as sondagens desmentidas na noite eleitoral. Uma coisa parece certa: não haverá qualquer Maioria Absoluta de um só partido. Felizmente!
  • João Lopes
    08 jan, 2022 Porto 12:15
    Era importante para Portugal e para os portugueses em geral, que o PS fosse afastando da governação durante 20 anos. Eles mentem com facilidade e com isso enganam os eleitores...

Destaques V+