Tempo
|
A+ / A-

Covid-19

Costa antecipa Conselho de Ministros para aprovar novas medidas

20 dez, 2021 - 19:52 • Lusa

Reunião do Governo estava prevista para se realizar na próxima quinta-feira, como é habitual, mas o primeiro-ministro antecipou-a para esta terça-feira.

A+ / A-

Veja também:


O Governo convocou para terça-feira um Conselho de Ministros extraordinário para a adoção de medidas de combate e prevenção da pandemia da Covid-19, disse esta segunda-feira à Lusa fonte oficial do executivo.

A reunião do Conselho de Ministros, a última antes do Natal, estava prevista para se realizar na próxima quinta-feira, como é habitual, mas o líder do executivo decidiu antecipá-la já para terça-feira.

“Esta antecipação resulta do facto de propostas recebidas pelo grupo de epidemiologista que têm apoiado o executivo. Como são medidas com impacto na vida das pessoas, convém que sejam tomadas com antecedência, tendo em vista tornar possível uma melhor preparação e adaptação”, declarou a mesma fonte do executivo.

As novas medidas serão apresentadas pelo primeiro-ministro.

A incidência de infeções com o vírus SARS-CoV-2 voltou a aumentar a nível nacional, passando para os 558,5 casos por 100 mil habitantes, enquanto o índice de transmissibilidade (Rt) estabilizou nos 1,07, segundo os dados oficiais desta segunda-feira.

De acordo com o boletim sobre a pandemia em Portugal divulgado esta segunda-feira pela Direção-Geral da Saúde (DGS), em termos nacionais, a taxa de incidência passou, desde sexta-feira, de 525,5 casos de infeção por 100 mil habitantes a 14 dias para os atuais 558,5.

Considerando apenas Portugal continental, este indicador registou também um crescimento de 531,2 casos por 100 mil habitantes para 562,3.

O Rt - que estima o número de casos secundários de infeção resultantes de cada pessoa portadora do vírus – não registou alterações entre sexta-feira e esta segunda-feira (1,07) a nível nacional, enquanto no continente passou de 1,07 para 1,06.

Os dados do Rt e da incidência de novos casos por 100 mil habitantes a 14 dias - indicadores que compõem a matriz de risco de acompanhamento da pandemia - são atualizados pelas autoridades de saúde à segunda-feira, à quarta-feira e à sexta-feira.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Filipe
    21 dez, 2021 évora 00:57
    Tudo bem para isso serve o Estado de Emergência agora utilizarem o Estado de Calamidade para escavacarem constantemente a dignidade humana e direitos humanos entre outras liberdades e garantias impressas na Constituição da República , diria que o Sr. Costa já se comporta como um criminoso de guerra .

Destaques V+