A+ / A-

Demissões no Conselho de Jurisdição do CDS

07 dez, 2021 - 17:37 • Susana Madureira Martins

Os dois vogais mostram-se contra a suspensão do funcionamento deste órgão do partido.

A+ / A-

João Monge Gouveia e Otília Gomes abandonaram esta terça-feira o Conselho de Jurisdição do CDS-PP. São mais duas demissões num órgão nacional do partido.

Os dois vogais, em comunicado a que a Renascença teve acesso, mostram-se contra a suspensão do funcionamento deste órgão de direção que serve como tribunal do partido, que dura desde 16 de novembro.

João Monge é o autor do parecer aprovado que declarou nula a realização do Conselho Nacional que adiou o Congresso do CDS-PP.

A demissão já foi apresentada à direção de Francisco Rodrigues dos Santos.

Tópicos
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+