Tempo
|
A+ / A-

CDS

Sebastião Bugalho substitui Ana Rita Bessa no Parlamento

28 set, 2021 - 19:53 • Eunice Lourenço

Deputada renunciou ao mandato. Isabel Galriça Neto não quis voltar à Assembleia.

A+ / A-

O comentador Sebastião Bugalho vai ser o próximo deputado do CDS no Parlamento. Substitui Ana Rita Bessa, que renunciou ao mandato, como a Renascença avançou.

A substituição foi comunicada pelo líder parlamentar, Telmo Correia, em mensagem a que a Renascença teve acesso. Na mensagem, Telmo Correia começa por agradecer a Ana Rita Bessa “o extraordinário contributo que deu ao CDS, ao Parlamento e ao país” nos anos em que exerceu funções na Assembleia da República.

“Competente empenhada e profissional, foi um gosto ter trabalhado com a Ana Rita . A sua saída significa também que no Grupo parlamentar do CDS estão pessoas com vida profissional e que não estão “agarradas “ ao lugar, como temos visto”, escreve Telmo Correia.

“Embora o meu desejo fosse que continuasse como de resto acontece em relação a qualquer dos outros deputados, respeito a sua decisão e desejo-lhe o maior sucesso”, prossegue o líder parlamentar.

O nome que deveria suceder a Ana Rita Bessa na lista de deputados seria o da médica Isabel Galriça Neto, que foi eleita no domingo para a Assembleia Municipal de Lisboa, e decidiu não voltar ao Parlamento, pelo que será Sebastião Bugalho a ocupar o lugar.

Sebastião Bugalho é um dos participantes fixos do programa da TVI “A Lei da Bolha”, onde faz comentário político com o deputado socialista Sérgio Sousa Pinto.

Tópicos
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+