Tempo
|
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
A+ / A-

Autárquicas 2021

Vladimiro Feliz. Porto revelou "uma vontade de mudar” ao negar maioria absoluta a Rui Moreira

27 set, 2021 - 04:11 • Lusa

Candidato do PSD entendeu este resultado como uma “paragem” e ressalvou que o facto de Moreira não ter maioria absoluta é um “sinal” de que a cidade “quer mesmo um Porto de futuro e não de passado”.

A+ / A-

O cabeça de lista do PSD à Câmara Municipal do Porto, Vladimiro Feliz, assumiu que os resultados não foram os que ambicionava, sublinhando que apesar do independente Rui Moreira ter sido reeleito falhou o objetivo de ter maioria.

“Não é, obviamente, o resultado que nós ambicionávamos, mas os resultados eleitorais do Porto mostram a vontade que nós sentíamos nas ruas de mudar”, afirmou o social-democrata num discurso já perto das 03h00.

O candidato à presidência da autarquia sublinhou que “numa viagem de seis meses” o PSD cresceu em todas as juntas de freguesia e praticamente duplicou o número de autarcas.

Apesar de ser a terceira força política mais votada no Porto, atrás do independente Rui Moreira e do PS, Vladimiro Feliz acredita que o PSD ganha as eleições autárquicas nos próximos quatro anos.

“Daqui a quatro anos o PSD vai vencer as eleições no Porto (…). Estávamos mais um mês e nós, provavelmente, não precisávamos de esperar quatro anos”, revelou.

Vladimiro Feliz entendeu este resultado como uma “paragem” e ressalvou que o facto de Moreira não ter maioria absoluta revela “uma vontade de mudar”.

O social-democrata vincou que o independente Rui Moreira, eleito para um terceiro mandato, falhou o objetivo de ter maioria no executivo e na assembleia municipal, “sinal” de que o Porto “quer mesmo um Porto de futuro e não de passado”.

Agradecendo à equipa que o acompanhou nesta candidatura, nomeadamente o convite feito pelo presidente do PSD, Rui Rio, Vladimiro Feliz avisou para contarem consigo para trabalhar dia a dia com “agilidade e dedicação na construção de um Porto mais feliz”.

De acordo com os resultados provisórios, e quando ainda falta apurar uma das sete freguesias do Porto, o PPD/PSD regista 17,08% dos votos, atrás de Rui Moreira (40,55%) e do PS (18,32%).

Em 2017, o PSD/PPM obteve 10,39% dos votos, elegendo um vereador na autarquia.

A Câmara do Porto é liderada por Rui Moreira, cujo movimento elegeu sete mandatos nas autárquicas de 2017, aos quais se somam quatro eleitos do PS, um do PSD e um da CDU.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+