Tempo
|
A+ / A-

Ferro Rodrigues: "Bom fim de semana a todos, os que puderem em Sevilha"

25 jun, 2021 - 13:38 • Paula Caeiro Varela , com redação

A frase foi proferida esta sexta-feira no Parlamento depois de muitas críticas ao apelo deixado no final do jogo com França, para que os adeptos portugueses se deslocassem "massivamente ao sul de Espanha".

A+ / A-
Ferro Rodrigues: "Bom fim de semana a todos, os que puderem em Sevilha"
Ferro Rodrigues: "Bom fim de semana a todos, os que puderem em Sevilha"
"Bom fim de semana a todos, os que puderem em Sevilha", diz Ferro Rodrigues

Veja também:


Ferro Rodrigues terminou a sessão plenária desta sexta-feira de manhã, no Parlamento, com um novo apelo aos adeptos portugueses que se desloquem a Sevilha para apoiar a seleção que está a disputar o Europeu de Futebol.

"Bom fim de semana a todos, os que puderem em Sevilha, claro", declarou o presidente da Assembleia da República.

A frase foi proferida depois de muitas críticas ao apelo deixado no final do jogo com a França, para que os adeptos portugueses se deslocassem "de forma massiva" ao sul de Espanha em pleno agravamento da pandemia de Covid-19.

As declarações de Ferro Rodrigues foram emitidas pela RTP3, na quarta-feira, após o empate de Portugal frente à França (2-2), isto numa altura em que o país enfrenta um agravamento da situação epidemiológica com o número de casos diários a chegar aos 1.500.

"Espero que os portugueses se desloquem de forma massiva para o sul de Espanha e que possam apoiar uma grande vitória de Portugal nos oitavos de final deste Campeonato da Europa", afirmou Ferro Rodrigues em declarações à RTP.

O presidente da Assembleia da República disse que estará a assistir, em Sevilha, com o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, ao jogo de Portugal frente à seleção belga. "Estarei com todo o gosto a acompanhar a seleção nacional em mais uma epopeia deste europeu".

Esta sexta-feira, no final dos trabalhos, que debateram um pacote de legislação para combater a corrupção, o presidente da Assembleia da República fez questão de deixar essas palavras, repetindo que, aqueles que podem, devem ir a Sevilha.

O Governo anunciou ontem um travão ao desconfinamento em Portugal devido ao agravamento da pandemia de Covid-19 e do avanço da variante Delta, mais transmissível.

[em atualização]

Saiba Mais
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Anónimo
    25 jun, 2021 Lisboa 18:11
    É simples, ou nos devolvem Olivença, ou levam com Covid (que por acaso até está pior no estado espanhol que em Portugal).
  • Americo Anastacio
    25 jun, 2021 Leiria 14:21
    Boa tarde. Nunca na minha vida pensei dizer isto da segunda pessoa na hierarquia do Estado. Mas não posso deixar de perguntar: O homem é inimputável?

Destaques V+