Tempo
|
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
A+ / A-

Caso Ihor Homenyuk

Rui Rio. “Mais uma morte no aeroporto e 'a coisa' vai à maioria absoluta”

17 dez, 2020 - 23:28 • Paula Caeiro Varela

Líder social-democrata usa no Twitter o caso do cidadão morto nas instalações do SEF para criticar estudo de opinião SIC/Expresso que mostra queda do PSD e PS perto dos 40 por cento.

A+ / A-

“Mais uma morte no aeroporto e ‘a coisa’ vai à maioria absoluta”. Foi assim que o presidente do PSD reagiu, na rede social Twitter, à mais recente sondagem publicada por Expresso e SIC e que mostra uma descida nas intenções de voto no PSD.

O líder do PSD recorreu ao Twitter por duas vezes para ironizar sobre os fracos resultados que a sondagem indica para o seu partido; na segunda vez que o fez, referiu-se à morte de Ihor Homeniuk, assassinado por inspetores do SEF, para dizer que o governo pode atingir até a maioria absoluta.

“Eu, cá por mim, não precisava da sondagem do Expresso para nada. É mais do que evidente que, face aos últimos acontecimentos políticos, o Governo e o PS só podiam estar a subir. Mais uma morte no aeroporto e “a coisa” vai à maioria absoluta. Força nisso!”, terminando a publicação com um emoji de festa.

Anteriormente já tinha partilhado outra notícia relativa à sondagem que é desfavorável ao PSD, com outro emoji, ironizando: “Continuamos a descer na sondagem do Expresso, que chatice! 😰”

Vários social-democratas têm partilhado o tweet em grupos de mensagens com críticas ao líder do partido, considerando indigno estar a usar um facto desta gravidade para criticar uma sondagem.

Hugo Soares, antigo líder parlamentar e antigo líder da JSD, recorreu ao Facebook para lamentar o que diz ser a falta de sentido de Estado de Rui Rio. “Portugal merece mais. Já não bastava a irresponsabilidade política do MAI e do PM... agora a falta de sentido de Estado do presidente do meu partido”, escreveu naquela rede social.

Segundo a sondagem pelo ISCTE e ICS para o Expresso e SIC são catorze os pontos que separam PS e PSD nas intenções de voto para as eleições legislativas. De acordo com este estudo, se as eleições legislativas fosse agora, a soma de todos os partidos de direita não seriam suficientes para alcançar as intenções de voto no PS.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Cidadao
    18 dez, 2020 Lisboa 13:56
    O Parolo do Norte não consegue ser oposição, nem consegue mostrar que é alternativa a alguma coisa. Ora é muleta do PS e do governo, ora avisa que vota contra, mas depois arrepende-se e muda sentido de voto. Nem é carne, nem é peixe. É um NADA. Alguém que queira uma alternativa séria ao governo que existe, leva este PSD e seu pseudo-lider, a sério? Claro que não!

Destaques V+