Tempo
|
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
A+ / A-

Aeroporto no Montijo. Costa "perplexo" com PSD, PS critica “bipolaridade tática”

27 fev, 2020 - 14:12 • Manuela Pires , Marta Grosso com Lusa

Em causa está, sobretudo, a recusa dos social democratas em alterar a lei que permite aos municípios vetar o novo aeroporto.

A+ / A-

O primeiro-ministro reitera que não há "plano B" ao aeroporto no Montijo e avisa que "recomeçar do zero" terá "custos muito grandes para a economia do país". Nesta quinta-feira, António Costa afirmou-se "perplexo" com a posição do PSD.

"Toda a gente sabe que a cada dia a obra é cada vez mais urgente. Como eu sempre disse, não há plano B ao Montijo”, começou por afirmar.

“O plano B é recuar sete anos e recomeçar do zero agora com a hipótese de Alcochete. Isso terá custos muito grandes para a economia do país e, portanto, eu acho que todos devem agir com responsabilidade”, acrescentou aos jornalistas à entrada do Conselho de Ministros descentralizado, que decorre em Bragança.

António Costa lembrou depois que, em vez de reabrir o debate sobre a solução ideal, o Partido Socialista optou por aceitar "com toda a humildade" dar seguimento às decisões que, entretanto, tinham sido tomadas pelo Governo do PSD/CDS-PP de Passos Coelho.

"Porque nós não podemos chegar ao Governo e achar que vamos começar tudo do princípio. O país não começa quando nós chegamos ao Governo”, sustentou. “O país é um contínuo e nós temos de respeitar as decisões legítimas ainda que não concordemos com elas", reforçou, apelando à responsabilidade de todos para que esta obra, "de grande importância para o país", não seja novamente adiada.

“Bipolaridade tática” e “vertigem populista”

Também nesta quinta-feira, o secretário-geral adjunto do PS acusou o PSD de bipolaridade tática e de vertigem populista.

Em conferência de imprensa, de manhã, na sede do Partido Socialista, José Luís Carneiro lançou por várias vezes o desafio para que o presidente social-democrata defina, de uma vez por todas, a sua posição: “mantém a posição do Governo PSD/CDS que optava pela solução do Montijo ou o PSD está a ceder a uma vertigem populista ou vai demonstrar a sua cultura de responsabilidade de sempre?”

José Luís Carneiro garantiu que agora é tempo “para dialogar com os municípios e com todos os partidos com representação parlamentar”, mas apontou todas as críticas ao PSD, que na quarta-feira anunciou o chumbo das alterações à lei que permite a qualquer uma das autarquias afetadas pela construção do aeroporto do Montijo vetar o avanço do projeto.

O secretário-geral adjunto dos socialistas voltou, pois, a pedir “especiais responsabilidades ao PSD” e mostrou, durante a conferência de imprensa, cartazes onde o partido defende a construção do aeroporto no Montijo.

“Como é que o PSD terá moral para exigir no futuro mais crescimento da economia quando 95% dos fluxos turísticos vêm pelo aeroporto?”, questionou.

Mas e se as autarquias mantiverem a sua posição e os partidos que estão contra o aeroporto no Montijo também? José Luís Carneiro responde apenas que há vários contactos em curso com os municípios e insistiu na crítica aos sociais-democratas: "um vice-presidente do PSD [David Justino] disse que esta lei é uma lei estúpida. Se é estúpida, há que fazer esforços para que, em sede parlamentar, as leis deixem de ser estúpidas", reagiu.

Em Bragança, António Costa também comentou a posição do PSD sobre a alteração à lei, recordando que “foram feitos os estudos que demonstravam a viabilidade ambiental da solução Montijo, foram ouvidos todos os partidos sobre essa matéria, houve alguns, como o PCP, que sempre disseram que era contra a localização do Montijo e defendiam Alcochete. O caso do PSD foi diferente".

Num primeiro momento, o PSD afirmou que o Governo andou a "perder tempo ao não executar imediatamente uma decisão que tinha sido tomada pelo governo" da sua cor política, disse ainda.

"Ainda hoje está na lá no Montijo um cartaz a dizer `Montijo já´ e, portanto, fico bastante perplexo para perceber se o PSD muda de posição ou qual é a posição do PSD”, terminou.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Petervlg
    02 mar, 2020 Trofa 10:55
    Como a esquerda rejeita as negociatas do PS, agora querem que o PSD sirva de muleta, Andaram a gastar dinheiro a rodos dos contribuintes, este PS está a colocar Portugal pior que o tempo de Socrates
  • Observador
    27 fev, 2020 Portugal 20:25
    Vamos lá a ver é se o Parolo do Norte não faz o mesmo que fêz no caso dos Professores e não só, e num golpe de rins, vira de bordo e deixa passar o que o PS quer, e depois vem desastradamente tentar passar um atestado de estupidez às pessoas, agarrando-se a pormenorzitos técnicos e a desculpas que não enganam um puto de 8 anos, para justificar ter roído a corda ...
  • Cidadao
    27 fev, 2020 Lisboa 16:12
    É agora que vão ameaçar, pela décima milionésima vez, que se vão demitir, ou primeiro vamos assistir ao já habitual espetáculo de vitimização e relambório de "desesperados" apelos à responsabilidade, patriotismo, etc, etc?

Destaques V+