Tempo
|
A+ / A-

Tensão no Parlamento. Ferro Rodrigues manda calar deputado André Ventura

12 dez, 2019 - 16:22 • Susana Madureira Martins , com redação

Presidente da Assembleia da República advertiu o deputado do Chega por usar demasiadas vezes a palavra “vergonha” nos debates parlamentares.

A+ / A-
Ferro Rodrigues manda calar André Ventura
Ouça a troca de palavras entre Ferro Rodrigues e o deputado André Ventura

O presidente da Assembleia da República mandou esta quinta-feira calar André Ventura. Ferro Rodrigues advertiu o deputado do Chega por usar demasiadas vezes a palavra “vergonha” nos debates parlamentares.

Ferro Rodrigues perdeu a paciência com o parlamentar durante a discussão dos projetos sobre a remoção de amianto dos edifícios públicos.

André Ventura estava a dizer que é “uma vergonha” o Governo não atribuir dinheiro para retirar aquele material e o presidente da Assembleia atalhou, o que resultou numa troca azeda de palavras com o deputado.

Ferro disse que aquele tipo de expressões “ofende muitas vezes todo o Parlamento e ofende-o a si também”.

André Ventura pediu depois a palavra em defesa da honra: “penso eu que um deputado utiliza as expressões que entender legítimas, no contexto que entender legítimo, na liberdade de expressão que lhe é atribuída pela Constituição e pelo Parlamento”, argumentou.

Ferro Rodrigues interrompeu o deputado: “não há liberdade de expressão quando se ultrapassa a liberdade de expressão dos outros, que é o que o senhor faz a maior parte das vezes que intervém”, afirmou o socialista perante o aplauso de muitos deputados.

André Ventura não se calou e continuou a dizer: “é uma vergonha o que se está a passar neste Parlamento, vergonhoso”.

Ferro Rodrigues prosseguiu o debate e deu a palavra à deputada Joacine Katar Moreira, do Livre.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • José Ilídio Silva Sa
    14 dez, 2019 Lagoa-Algarve 08:56
    Quem se lembra deste triste e vergonhoso comentário...? Ele (Ferro Rodrigues), disse que, "Estava a cagar para o segredo de Justiça". Isto sim, é mesmo uma vergonha, uma ordinarice….!
  • victor
    13 dez, 2019 felgueiras 14:40
    o ferro Rodrigues mostrou que come no mesmo taixo que os outros que é tao corupto como eles e que nao tem educação nenhuma ja diz TU aos outros deputados????
  • Petervlg
    13 dez, 2019 Trofa 13:28
    André Ventura esta a mexer, no lixo da politica, esta a incomodar Ferro Rodrigues apenas quer que não mexam no tacho dos políticos, não incomodem, não tirem os tachos aos "amigos PS "
  • António Barbosa
    13 dez, 2019 13:22
    O Ferro está a tentar defender aquilo que já todos viram ser indefensável...a corrupta e falsa democracia. Além disso, tentar ser moralista quando há anos atrás disse e, passo a citar " estou -me a cagar para o segredo de justiça " é no mínimo VERGONHOSO. Por muitas inquietações criadas no Parlamento e razões nas ideias expostas que vão surgindo eu apoio cada vez mais o CHEGA e o dr. André Ventura na VERGONHA que diariamente estamos assistindo. Já agora, PAGUEM o justo valor daquilo que comem principescamente por uma ninharia, DEVOLVAM as ajudas de deslocação recebidas ILEGALMENTE, revejam as reformas políticas etc, etc, etc e depois digam se é ou não VERGONHOSO TER-VOS NESTE PAÍS. É VERGONHOSO SIM SENHOR.
  • JoseA. CostaFerreira
    13 dez, 2019 Coimbra 12:15
    Chega de corrupção, chega de pedofilia, chega de compadrio, chega arruinar a fazenda pública, chega de impunidade, chega de abuso do poder. Chega!! (foi feito print screen desta mensagem para precaver possível censura)
  • Paulo Silva
    13 dez, 2019 Braga 11:25
    A assembleia da República está ao serviço da arrogância e da prepotência. Imedir um deputado eleito, em democracia de falar ou de utilozar a palavra" vergonha" qiantas vezes ele quiser, é o mesmo que.andar calar todos os que o elegeram. A mim ninguém me cala em acusar ente indivíduo que nao tem condicoes para estara frente do parlamento. Demita-se o quanto antes!..
  • Manuel Ribeiro Silva
    13 dez, 2019 Gondomar 01:40
    Jornalismo de sarjeta .... tudo vendido ao PS mas o vosso tempo esta a contar , e o fim esta próximo.
  • Luís Moreira
    12 dez, 2019 Cascais 23:24
    Então tem que proteger o padrinho ,por aqui se vê o estado da política no nosso país, quando se confronta a quadrilha é logo silenciado.
  • Nicolau Silva
    12 dez, 2019 Covelas 22:01
    O Presidente da Assembleia nem sabe o nome dos deputados, dou a palavra a deputada joceline.... Isto é uma vergonha para o socialismo...e para a democracia..
  • Sem mail
    12 dez, 2019 17:40
    Dizer que os politicos deviam ter vergonha, é ofender o Ferro Rodrigues, claro e o PS.

Destaques V+