Tempo
|
A+ / A-

Autoeuropa retoma produção a 2 de outubro

20 set, 2023 - 12:17 • Marta Pedreira Mixão

A empresa salienta que a retoma será "gradual" e que "este arranque parcial" se deve "ao trabalho dos departamentos de logística e de compras do Grupo Volkswagen".

A+ / A-

A produção na Autoeuropa vai ser retomada a 2 de outubro, uma antecipação em relação ao inicialmente previsto - 12 de novembro, já que a fábrica já tinha anunciado que foi possível recorrer a fornecedores em Espanha e na China para ter acesso às peças em falta.

Apesar de já ser conhecido que a produção deveria ser retomada no inicio de outubro, ainda não tinha sido anunciada a data exata. A informação foi revelada, esta quarta-feira, numa comunicação aos trabalhadores, a que a Renascença teve acesso.

“A direção da fábrica informa que no próximo dia 2 de outubro será retomada a produção”, refere a nota, que informa também que a retoma será gradual.

“Nesta fase, o número de turnos será menor que o esquema de trabalho habitual. Quanto às áreas de prensas, carroçarias e pintura, terão arranques antecipados”.

A empresa salienta também que "este arranque parcial" se deve "ao trabalho dos departamentos de logística e de compras do Grupo Volkswagen” e que os trabalhadores que estão em layoff “serão informados o mais brevemente possível sobre a data exata do seu regresso à atividade e da correspondente alteração ao regime de layoff”.

A fábrica de automóveis da Volkswagen Autoeuropa, em Palmela, iniciou na segunda-feira, 11 de setembro, uma paragem de produção de nove semanas devido a dificuldades de um fornecedor da Eslovénia, que foi severamente afetado pelas cheias que ocorreram no início do mês de agosto naquele país.

A Autoeuropa, que decidiu recorrer ao "lay-off" durante a paragem de produção, assegurando o pagamento de 95% dos salários aos trabalhadores.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+