Tempo
|
A+ / A-

Incêndios. Bombeiros da Finlândia e Eslovénia ajudam Portugal

30 mai, 2023 - 17:03 • Lusa

Mais de 60 bombeiros estrangeiros e duas aeronaves em Castelo Branco. Dois aviões anfíbios médios, para combater incêndios florestais na União Europeia, serão alugados no valor de 2,3 milhões de euros, através de concurso público.

A+ / A-

O ministro da Administração Interna anunciou nesta terça-feira que vai preposicionar em Castelo Branco duas aeronaves e 65 bombeiros da Finlândia e Eslovénia para uma resposta mais eficaz a incêndios na Península Ibérica.

"Vamos conseguir cumprir um objetivo que era o de preposicionarmos esses meios, como tínhamos assumido em articulação com o Governo espanhol, quer os meios terrestres, quer os meios aéreos", sustentou José Luís Carneiro, à margem de uma visita ao Centro Europeu de Resposta Coordenada a Situações de Catástrofe, em Bruxelas.

O ministro anunciou que um total de 65 bombeiros provenientes da Finlândia e da Eslovénia vão estar em prontidão, ao abrigo do Mecanismo Europeu de Proteção Civil, no distrito de Castelo Branco, para, se houver necessidade, serem destacados para incêndios em Portugal e Espanha, e também uma parte do território francês.

Portugal vai disponibilizar dois aviões anfíbios médios para combater incêndios florestais na União Europeia, estando a decorrer o concurso público para o aluguer daquelas aeronaves no valor de 2,3 milhões de euros.

De acordo com a informação transmitida em abril pela Força Aérea, estes dois aviões destinam-se a reforçar a frota de meios aéreos de combate a incêndios no âmbito do programa da União Europeia "RescEU".

Na segunda-feira, o ministro anunciou que a Comissão Europeia vai financiar, com dois milhões de euros, o aluguer de dois meios aéreos para combate aos incêndios em Portugal: "A Comissão Europeia vai dar conta de que vai reforçar o investimento nos meios aéreos, e irá financiar, com cerca de dois milhões de euros, dois meios aéreos para Portugal.".

O governante disse que Bruxelas "se disponibilizou a apoiar os Estados-membros a ir ao mercado e a procurar encontrar os meios aéreos disponíveis no mercado, que são escassos", tal como os pilotos.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+