A+ / A-

SEF detém cidadão com mandado de captura por homicídio no Paquistão

21 mai, 2023 - 18:10 • Lusa

Segundo o SEF, que o deteve na Guarda, os crimes ocorreram em 2014, em Gujrat. O homem tem agora 41 anos.

A+ / A-

O Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) deteve na Guarda, na região Centro, um cidadão sobre o qual pende um mandado de detenção internacional para extradição, pela alegada prática de um crime de homicídio no Paquistão.

Segundo uma nota do SEF, os crimes ocorreram em 2014, em Gujrat, e o homem tem agora 41 anos.

O suspeito, estrangeiro, foi presente ao tribunal de turno da Comarca de Coimbra, que "validou a detenção e determinou a sua apresentação na próxima segunda-feira ao Tribunal da Relação, para aplicação de medidas de coação a que ficará sujeito enquanto aguarda o decurso do respetivo processo de extradição", refere o comunicado.

Já em Palmela, no distrito de Setúbal, o SEF deteve um outro cidadão estrangeiro sobre o qual pendia uma indicação do Sistema de Informação de Schengen, com origem nas autoridades dos Países Baixos, "para captura e detenção para efeitos de extradição, pela prática de crimes relacionados com tráfico de droga e posse de arma proibida", refere ainda a mesma nota.

Sobre este suspeito pende também um mandado de captura internacional emitido pela Interpol.

O homem foi levado ao Tribunal de Reguengos de Monsaraz, que validou a detenção, no sábado, e será presente ao Tribunal da Relação de Évora na segunda-feira para aplicação de medidas de coação.

Tópicos
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+