Tempo
|
A+ / A-

Funeral da jovem militar que morreu no mar realiza-se este sábado na Amadora

01 dez, 2022 - 12:05 • Pedro Valente Lima

Ani Dabó foi a única vítima mortal entre os oito militares que haviam sido arrastados pela ondulação na praia da Lagoa, na Póvoa de Varzim.

A+ / A-

O funeral de Ani Dabó, a militar de 20 anos que morreu no mar, na Póvoa de Varzim, está marcado para este sábado, 3 de dezembro.

A missa de corpo presente realiza-se às 14h30, na paróquia de S. Bento de Massamá, seguindo o funeral para o cemitério da Amadora.

Em comunicado enviado à imprensa, o Exército "reconhece os mais de três anos de serviço militar em regime de contrato prestados pela Primeiro-cabo Ani Dabó, ao serviço das Forças Armadas e de Portugal".

"Ani Dabó era respeitada e admirada pelos seus camaradas por ter um caráter vibrante, honesto e entusiasta de servir ao próximo", realça a mesma nota.

A jovem foi encontrada já sem vida no passado dia 25 de novembro, no mar ao largo da Póvoa de Varzim. Dabó, assim como outros sete militares de folga, estavam na praia da Lagoa, depois de uma saída à noite, quando foram arrastados pela ondulação.

O Exército recorda ainda o "ato de altruísmo" da jovem, que "procurou ajudar camaradas seus que se encontravam em dificuldades", depois de terem sido "arrastados pelo mar, particularmente agitado naquela madrugada".

O texto sublinha ainda que "os restantes sete militares envolvidos já obtiveram alta hospitalar, continuando a ser apoiados através do Centro de Psicologia Aplicada do Exército".

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+