Tempo
|
A+ / A-

Recomendações DGS para o outono/inverno

Crianças e jovens só devem faltar à escola se tiverem febre

10 nov, 2022 - 21:52 • Lusa

Autoridade sanitária insiste que todas as crianças e jovens com sintomas de infeção nas vias respiratórias “devem ser ensinadas a cobrir a boca e o nariz com um lenço de papel ao tossir e/ou espirrar”, descartando os lenços e lavando ou desinfetando as mãos.

A+ / A-

As crianças e jovens com sintomas ligeiros de infeção respiratória como tosse, dor de garganta ou nariz a pingar, podem ir à escola e só devem ficar em casa se tiverem febre.

Nas recomendações divulgadas esta quinta-feira, a Direção-Geral da Saúde (DGS) lembra que as infeções das vias respiratórias são comuns em crianças e jovens, nomeadamente nos meses do outono/inverno, e, para a maioria, não são graves.

A autoridade de saúde aconselha, contudo, a que fiquem em casa se houver febre, podendo regressar à escola quando tiverem alta médica, ou deixarem de ter febre e quando se sentirem suficientemente bem para frequentar o estabelecimento de ensino.

A DGS insiste que todas as crianças e jovens com sintomas de infeção nas vias respiratórias “devem ser ensinadas a cobrir a boca e o nariz com um lenço de papel ao tossir e/ou espirrar”, descartando os lenços e lavando ou desinfetando as mãos.

Se houver agravamento das queixas, os pais devem contactar o SNS24 (808 24 24 24) ou o médico assistente, especialmente se a criança tiver menos de dois anos de idade, sublinha a DGS.

As crianças e jovens que vivam com uma pessoa que tenha testado positivo à covid-19 devem continuar a ir à escola, com medidas básicas de higiene.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+