Tempo
|
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
A+ / A-

Obciber

Renascença vence prémio Obciber de "Narrativa Sonora Digital"

26 out, 2022 - 18:31 • Redação

Já nas distinções do público, a Renascença venceu nas três categorias em que estava nomeada.

A+ / A-

A Renascença venceu o prémio para a categoria "Narrativa Sonora Digital" na atribuição do Observatório do Ciberjornalismo (Obciber) pelo trabalho "Avenida da Liberdade" da jornalista Maria João Costa e com a sonorização de André Peralta

Na mesma categoria, a Renascença venceu a distinção do público com o trabalho “Diário de um resgate de 173 refugiados ucranianos”, da jornalista Ana Catarina André.

A Renascença estava ainda nomeada para a categoria Excelência Geral em Ciberjornalismo, em que venceu o jornal "Público", e na categoria de Reportagem Multimédia, em que venceu o "Observador".

No entanto, nas distinções do público, a Renascença venceu na categoria de "Excelência Geral em Ciberjornalismo". Na categoria de Reportagem Multimédia, o público também atribuiu a distinção à reportagem da Renascença "Pegada Digital", da jornalista Inês Rocha.

Foram ainda atribuídos prémios em outras categorias em que a Renascença não estava nomeada. O prémio de "Ciberjornalismo académico" foi atribuído à reportagem "É aqui que se morre de frio. Pobreza Energética em Portugal" do jornal "ComUM".

Na categoria "Última Hora", a cobertura das legislativas de 2022 do jornal "Público" mereceu a distinção do júri. O prémio "Narrativa Vídeo Digital" o jornal "Público" saiu vencedor com o trabalho "Dividido entre Lula e Bolsonaro e de regresso ao mapa da fome. Que Brasil vai a eleições?".

Já a distinção de "Infografia Digital" foi atribuída ao jornal "Público" pelo trabalho "Quem são e quanto ganham os funcionários públicos em Portugal?". Por último, na categoria de "Ciberjornalismo de Proximidade", ganhou a "Mensagem de Lisboa" com a peça "Amas na Cova da Moura. “Se eu não existo, as mães não podem trabalhar e as crianças é que vão sofrer".

Tópicos
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+