Tempo
|
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
A+ / A-

TVDE

Ixat acelera com as primeiras moto-táxis de Portugal

07 out, 2022 - 17:46 • Redação

É a única plataforma 'online' de motociclos a funcionar no país. Tiago Lousada, um dos fundadores, fala de uma alternativa rápida e eficaz, face aos TVDE que "cancelam muitas viagens e perdem muito tempo no trânsito".

A+ / A-

A partir de hoje já é possível chamar uma moto-táxi em Portugal, através da plataforma digital Ixat, que vem inovar o mercado português do transporte individual de passageiros, os tão conhecidos TVDE.

A ideia é de Tiago Lousada e Elisabete Anjos Oliveira, que surgiu da necessidade de criar uma plataforma rápida e eficaz para os utilizadores. Assim nasceu a Ixat que pretende "chamar a atenção", até pelo nome, que é 'táxi' ao contrário.

Em entrevista à Renascença, Tiago Lousada admite que "quando chamava um TVDE, cancelavam muitas viagens e, além de cancelarem, perdia muito tempo no trânsito". Por isso, decidiu criar o TVDE de mota, assumindo que levou "um ano até desenvolver a ideia".

Fundada em novembro de 2021, no Porto, a empresa Ixat Ridesharing já obteve cerca de 100 mil euros de vários investidores ao longo do seu desenvolvimento.

Pronta a arrancar este mês, torna-se assim na única plataforma de transporte de passageiros em Portugal que disponibiliza motas com condutor, "sendo a maioria 100% elétricas", de acordo com a página de Internet da Ixat.

A faixa etária dos inscritos está, sobretudo, entre os 18 e os 42 anos, até ao momento. Para ser cliente do Ixat, basta ter mais de 16 anos de idade e apenas pode andar um cliente de cada vez, no lugar do pendura.

O preço base de cada viagem é de seis euros, ao qual se somam 60 cêntimos por quilómetro. Segundo o website oficial, a Ixat é a "plataforma de TVDE que cobra a comissão mais baixa do mercado".

Até ao final deste ano, o embaixador da plataforma espera ter entre dois a três mil utilizadores inscritos no Ixat e 200 a 400 motoristas. Além do transporte de passageiros, a Ixat disponibliza também estafetas, mais concretamente, para documentos e pequenas embalagens.

Disponível ao público a partir desta sexta-feira, o Ixat pretende servir todo o país. Nesta fase inicial, vai ter uma presença maior em Lisboa, no Porto e na região do Algarve.
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+