Tempo
|
A+ / A-

Gouveia. Detido bombeiro suspeito de crimes de fogo florestal

23 set, 2022 - 11:49 • Lusa

O homem, de 21 anos, terá agido "pelo interesse e "gosto" de participação no combate aos incêndios.

A+ / A-

Um homem de 21 anos, operador de loja e bombeiro voluntário, foi detido pela alegada prática de sete crimes de incêndio florestal, ocorridos no concelho de Gouveia, distrito da Guarda.

Em comunicado, a PJ adiantou que o suspeito foi detido através do Departamento de Investigação Criminal da Guarda e com a colaboração inicial do Núcleo de Proteção Ambiental da GNR do Destacamento Territorial de Gouveia.

Crimes ocorreram no período compreendido entre 14 de julho e 11 de setembro em diversas localidades de Gouveia.

"Os incêndios foram todos iniciados por meio de chama direta, com recurso à utilização de isqueiros comuns, tendo consumido um total de, aproximadamente, dois hectares de mato e vegetação diversa, tendo, em pelo menos um dos casos, havido grave perigo de propagação a uma extensa mancha florestal, na localidade de São Paio."

O detido terá agido "pelo interesse e "gosto" de participação no combate aos incêndios.

O homem foi presente às competentes autoridades judiciárias para efeitos de interrogatório judicial e eventual sujeição a adequadas medidas de coação, tendo-lhe sido aplicada a medida de prisão preventiva.


Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+