Tempo
|
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
A+ / A-

Gonçalo Amaral acusa PJ de deixar cair investigação ao caso Maddie

20 set, 2022 - 15:38 • José Pedro Frazão

Em declarações à Renascença, o ex-inspetor da PJ congratulou-se com a derrota do casal McCann no Tribunal Europeu dos Direitos Humanos.

A+ / A-
Gonçalo Amaral acusa PJ de deixar cair investigação ao caso Maddie

Gonçalo Amaral congratula-se com a derrota dos pais de Maddie McCann nas instâncias europeias e acusa a Polícia Judiciária (PJ) de deixar cair a investigação.

Em declarações à Renascença, o ex-inspetor diz mesmo que o atual diretor PJ, Luís Neves, tem alguma responsabilidade, até porque fez parte da investigação aquando do desaparecimento da menina britânica.

O antigo coordenador de investigação criminal da Judiciária considera que o caso Maddie devia ser revisto pelos investigadores portugueses.

“Onde está [o caso] bloqueado? Na Polícia Judiciária. A Polícia Judiciária já deveria ter tido a iniciativa de rever a investigação, à séria. Nomeadamente, o atual diretor da PJ, o Dr. Luís Neves, esteve na investigação, ele sabe como chegámos àquelas conclusões. Aquelas conclusões não foi só eu que as tomei ou cheguei a elas sozinho, nem o meu colega inspetor-chefe Tavares de Almeida, nem o Dr. Guilhermino da Encarnação, já falecido, que era o diretor de Faro, também com o Dr. Luís Neves”, afirma Gonçalo Amaral.

“E é o Dr. Luís Neves que, quando foi depor no meu julgamento da indemnização, me diz que o processo… já se deveria ter arranjado um bode expiatório para acabar com o processo”, adianta.

Questionado se atual diretor da PJ está a ser manietado, Gonçalo Amaral não acredita nessa possibilidade.

“Eu conheço-o muito bem. Sei que ele não se deixa manietar, mas no fundo não deve estar a ligar muito à situação e quase a delegar noutras pessoas”, argumenta.

Gonçalo Amaral em declarações à Renascença depois de ter sido conhecida a decisão do Tribunal Europeu dos Direitos Humanos, que esta terça-feira decidiu a favor da Justiça portuguesa no caso Maddie McCann.

O processo foi interposto pelos pais da criança britânica que desapareceu em 2007 de uma casa na Praia da Luz, no concelho de Lagos.

Em declarações à Renascença, o ex-inspetor da PJ congratulou-se com a derrota do casal McCann no Tribunal Europeu dos Direitos Humanos.

“O que está aqui em causa é uma vitória da justiça portuguesa contra aqueles que não querem a descoberta da verdade, nem a realização da justiça”, afirma Gonçalo Amaral.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Joaquim Santos
    21 set, 2022 Tojal 08:30
    Pobres mortais que fazem abominações com seres humanos. (Tráfico de humanos) Crianças raptadas para serem oferendas humanas às Satânicas Cerimónias. Experimentos com genes...(!) Barbaridades realizadas para se extrair a "Seiva da Juventude Eterna" arrancado de seres indefesos, maltratados e subnutridos. Este o IMPÉRIO que tentará dominar o mundo! A Rainha faz parte da Cúpula e faz uso dessa 'seiva'... assim como muitos e muitos outros.. Porém, por Desígnio Divino os túneis subterrâneos onde são escravizados milhares de seres humanos, estão sendo abertos e desmontados. Há milhares deles. Em especial nos Estados Unidos. Fatos absolutamente ocultos de uma Humanidade aturdida e refém de seres bestiais. Sabei perder!! Principalmente nos projectos iniciais. A fúria represada durante séculos explodirá de forma imperdoável. Violência ultrajante pela conquista do Poder... Parecerão ações de ficção tal a Maldade e fúria, tentando transparecer apenas como uma preocupação 'saudável' com os pobres seres humanos!!... Sede dóceis assim como fui ao ser julgado e morto. Sabia da Vitória Triunfal três dias após... Resisti na fé e na confiança por Promessas de Vitória e na total destruição dos Planos Diabólicos de meros seres infinitamente inferiores a Nós. Teu Pai Filho Espírito Santo a Marjorie Dawe

Destaques V+