Tempo
|
A+ / A-

Agricultura

A chuva intensa pode estar a prejudicar as vindimas, admite a CAP

14 set, 2022 - 20:25 • Redação

Eduardo Oliveira e Sousa admite, contudo, que a chuva que tem caído nos últimos dias, “é benéfica, principalmente depois de um período tão grande com ausência de chuva”.

A+ / A-

O presidente da Confederação dos Agricultores de Portugal (CAP) admite que a chuva intensa pode prejudicar as vindimas.

Depois de um período de seca extrema, que obrigou alguns produtores a anteciparem as colheitas, Eduardo Oliveira e Sousa admite, em declarações à Renascença, que, embora benéfica, nesta altura a chuva preocupa os agricultores.

“A humidade associada ao período em que se está a colher ou, numa fase ainda de maturação, pode trazer problemas quase que momentâneos pela associação de calor com a humidade. Por isso, o ambiente fica propício ao desenvolvimento de fungos e esses fungos podem prejudicar todo o processo de vinificação a que a uva vai ser sujeita”, diz o presidente da CAP.

Contudo, Oliveira e Sousa, considera “benéfica” a chuva que tem caído nos últimos dias, “principalmente depois de um período tão grande com ausência de chuva”.

A previsão do Instituto Português do Mar e da Atmosfera para o fim de semana aponta para o regresso do calor.

“Se a humidade baixar, o facto de haver mais uns dias com temperaturas acima de 25 graus já não vai provocar grandes diferenças na maturação das uvas e, portanto, todas as uvas anteciparam a sua maturação por causa da ausência muito prolongada de chuva e temperaturas muito elevadas durante o verão. Por isso é que as vindimas começaram mais cedo”, conclui o presidente da CAP.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+