Tempo
|
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
A+ / A-

Eurostat

Mais de 80% dos portugueses lê notícias na internet mas número está a descer

24 ago, 2022 - 12:29 • Lusa

Ao todo, em 2021, quase nove em cada 10 (89%) pessoas na UE, com idades compreendidas entre os 16 e 74 anos, utilizavam a internet.

A+ / A-

Cerca de 81% dos portugueses entre os 16 e 74 anos lia, em 2021, notícias através da internet, acima da média da União Europeia (UE) de 72%, mas a percentagem em Portugal está a descer, segundo o Eurostat.

Os dados divulgados esta quarta-feira pelo gabinete estatístico comunitário, o Eurostat, revelam que, no ano passado, 81% dos portugueses utilizadores da internet dos 16 aos 74 anos lia ‘sites’ de notícias ‘online’, jornais ou revistas de notícias na internet, o que representa uma descida face à percentagem de 2020 (86%) e de 2019 (83%).

Ainda assim, Portugal continuava acima da média europeia, já que, em 2021, um total de 72% dos utilizadores da Internet da UE com idades compreendidas entre os 16 e os 74 anos liam ‘sites’ de notícias em linha, jornais ou revistas de notícias.

Entre os Estados-membros da UE, as percentagens mais elevadas de utilizadores da internet que liam notícias na internet em 2021 foram registadas na Finlândia (93%), Lituânia e República Checa (ambos 92%) e Croácia e Grécia (ambos 90%).

Por seu lado, as percentagens mais baixas foram registadas na Roménia (59%), Alemanha (62%), França (63%), Itália (64%) e Bélgica (67%).

Por idades, a leitura de ‘sites’ de notícias, de jornais e de revistas de notícias na internet era, no ano passado, mais popular na faixa etária dos 25-54 anos (75%).

Ao todo, em 2021, quase nove em cada 10 (89%) pessoas na UE, com idades compreendidas entre os 16 e 74 anos, utilizavam a internet - pelo menos uma vez nos três meses anteriores à data do inquérito - e as atividades culturais, incluindo, entre outras, a leitura de notícias ‘online’, eram uma das utilizações mais populares.

Nestas estatísticas, o Eurostat dá ainda conta de que as pessoas com o ensino superior (85%) tinham mais probabilidades de utilizar a internet para ler notícias ‘online’ do que as que não tinham atingido esse nível de educação (57%).

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+