Tempo
|
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
A+ / A-

Incêndios. Catorze meios aéreos ajudam no combate às chamas na Serra da Estrela

11 ago, 2022 - 07:30 • Olímpia Mairos com Lusa

Vinte e cinco concelhos dos distritos de Bragança, Guarda, Coimbra, Castelo Branco, Leiria e Portalegre estão esta quinta-feira em risco máximo de incêndio, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

A+ / A-

Catorze meios aéreos combatem a esta hora o incêndio que continua a avançar na Serra da Estrela, e que para além de Covilhã e Manteigas, alastrou aos concelhos da Guarda e de Gouveia.

Mais de 1. 600 bombeiros estão no terreno a combater este fogo, que começou há seis dias e que é já o maior deste ano, tendo destruído até agora 10 mil hectares - o que representa 10% do Parque Natural da Serra da Estrela.

À Renascença, José Reis, vice-presidente da câmara da Covilhã indica que neste concelho, tal como no de Manteigas a situação está estabilizada, mas as frentes de fogo nos concelhos da Guarda e de Gouveia ainda são preocupantes. Ainda assim, acredita que as condições meteorológicas que se verificam esta quinta-feira poderão ajudar a travar as chamas.

“Do ponto de vista do concelho da Covilhã, nós tivemos pequenos reacendimentos ontem, mas que felizmente foram controlados e durante a noite. Com o grau da temperatura a baixar e a humidade, pensamos que no concelho da Covilhã estará estabilizada a situação do incêndio, antevê o autarca, acrescentando que também no concelho de Manteigas se caminha para a estabilização.

Segundo José Reis, nos outros concelhos [Guarda e Gouveia] ainda está ativo, com uma frente ativa”, esperando-se que ao longo do dia o incêndio entre em resolução.

“As condições climatéricas neste momento são favoráveis e pode, efetivamente, ficar por aqui e não ir mais além, mas há sempre essa possibilidade de este incêndio não ficar por aqui, mas a perspetiva é que efetivamente entre em resolução”, destaca.

Na tarde de terça-feira, o fogo obrigou mesmo à evacuação de um parque de campismo no concelho de Manteigas.

Controlado ficou durante a noite o incêndio do concelho de Oliveira de Hospital, no outro lado da serra.

Segundo o presidente da Câmara de Oliveira do Hospital, no combate a este fogo três bombeiros ficaram feridos e foram ainda destruídas duas habitações e vários armazéns agrícolas. A esta hora, nos trabalhos de rescaldo continuam com mais de 200 bombeiros.

25 concelhos do interior Norte, Centro e Alto Alentejo em risco máximo

Vinte e cinco concelhos dos distritos de Bragança, Guarda, Coimbra, Castelo Branco, Leiria e Portalegre estão esta quinta-feira em risco máximo de incêndio, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

O IPMA colocou ainda em risco muito elevado cerca de 60 municípios do interior Norte e Centro e da região do Algarve e em risco elevado outros tantos concelhos nas mesmas regiões e nalgumas zonas no litoral nos distritos de Aveiro, Leiria, Coimbra, Beja e Faro.

Para esta quinta-feira, as previsões do Instituto Português do Mar e da Atmosfera apontam para uma pequena descida de temperatura, nebulosidade até ao final da manhã no litoral oeste, com nevoeiro em alguns locais, e vento em geral fraco.

As temperaturas as mínimas vão oscilar entre os 14 graus Celsius (Leiria, Beja e Évora) e os 20º (Bragança) e as máximas entre os 22º (Viana do Castelo) 35º (Bragança).

[notícia atualizada às 11h25]

Saiba Mais
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+