Tempo
|
A+ / A-

GNR detém suspeito de provocar incêndio urbano em Aljustrel

06 ago, 2022 - 13:28 • Lusa

O detido tem dupla nacionalidade portuguesa e francesa.

A+ / A-

Um homem, com cerca de 50 anos, foi detido este sábado pela GNR por suspeitas de ter provocado o incêndio que atingiu duas lojas, em Aljustrel, revelou fonte da força de segurança.

A fonte do Comando Territorial de Beja da GNR indicou à agência Lusa que o suspeito foi detido por militares da Guarda, por suspeitas de fogo posto, depois de ter sido “retido pela população” no local.

O detido, com dupla nacionalidade portuguesa e francesa, foi encaminhado para o posto da GNR em Aljustrel para a “elaboração do expediente”, adiantou a mesma fonte, referindo que a Polícia Judiciária foi chamada ao local.

Segundo uma fonte do Comando Distrital de Operações (CDOS) de Beja, o incêndio, para o qual foi dado alerta às 10:21, atingiu duas lojas contíguas de venda de produtos chineses, no centro de Aljustrel.

O fogo foi considerado dominado às 13h00, referiu a fonte do CDOS de Beja.

Na sequência do incêndio, um bombeiro da corporação de Aljustrel e um militar da GNR foram transportados com ferimentos ligeiros, devido à inalação de fumos, para as urgências do hospital de Beja.

O combate às chamas mobiliza bombeiros de várias corporações do distrito de Beja, a GNR e o Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM), num total de 58 operacionais, apoiados por 23 veículos, incluindo uma viatura médica de emergência e reanimação (VMER).

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+