Tempo
|
A+ / A-

Ucrânia. Embaixadora diz que a sua destituição "é uma rotação agendada"

25 jun, 2022 - 15:55 • Lusa

Quando questionada se já sabia que não iria ser reconduzida no cargo, a diplomata ucraniana apenas mencionou que dois dias antes teve uma conversa telefónica com o ministro dos Negócios Estrangeiros do seu país em que foi informada que a decisão.

A+ / A-

A embaixadora da Ucrânia em Portugal disse este sábado que a sua destituição do cargo estava agendada e foi informada sobre ela dois dias antes do anúncio da decisão pelo ministro dos Negócios Estrangeiros do seu país. .

"Posso dizer que isso é uma rotação agendada", afirmou em declarações à SIC, Inna Ohnivets. .

"Na decisão do Presidente ucraniano há a informação de que três embaixadores terminam as suas funções, segundo o plano da rotação", acrescentou. .

Quando questionada se já sabia que não iria ser reconduzida no cargo, a diplomata ucraniana apenas mencionou que dois dias antes teve uma conversa telefónica com o ministro dos Negócios Estrangeiros do seu país em que foi informada que a decisão se contextualizava no plano de rotação. .

"Eu tive uma conversa telefónica dois dias antes, com o nosso ministro dos Negócios Estrangeiros, e ele informou-me que, segundo o plano de rotação, será esta decisão", disse a embaixadora. .

O Presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, destituiu Inna Ohnivets das funções de embaixadora da Ucrânia em Portugal, comunicou o chefe de Estado no seu "site" oficial.

Numa nota no "site", assinada na sexta-feira, o Presidente ucraniano dá conta da "destituição" de Inna Ohnivets do cargo de embaixadora extraordinária e plenipotenciária da Ucrânia junto da República Portuguesa.

Tópicos
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+