Tempo
|
A+ / A-

Metro de Lisboa. Trabalhadores cumprem greve de 24 horas no domingo

21 jun, 2022 - 11:20 • Lusa

Nova paralisação ocorre num fim de semana em que se realiza o festival Rock in Rio, no Parque da Bela Vista.

A+ / A-

Trabalhadores do Metropolitano de Lisboa (ML) cumprem no domingo uma greve 24 horas contra a falta de condições de trabalho e reivindicando aumentos salariais, disse à Lusa fonte da Federação dos Sindicatos de Transportes e Comunicações (Fectrans).

"A greve vai decorrer no dia 26, domingo, entre as 00h00 e as 24h00, mas as perturbações no serviço devem começar ainda no sábado", adiantou Sara Gligo, da Fectrans.

A mesma responsável referiu que os trabalhadores decidiram manter a paralisação, prevista há algumas semanas, apesar do anúncio pelo Metropolitano de Lisboa de que já iniciou a contratação de maquinistas e o reforço das equipas de manutenção.

As contratações decorrem de uma autorização concedida pelo Governo, no âmbito do Plano de Atividades e Orçamento de 2022, para a contratação de 58 trabalhadores: 34 agentes de tráfego, 13 oficiais de manutenção, dois inspetores de obra e nove técnicos especializados.

"A contratação de trabalhadores por si só não resolve todos os problemas. Paralelamente a este processo negocial decorre o processo de negociação coletiva para este ano, no qual a empresa, para reduzir o conflito, apresentou mais um ano de vigência do Acordo de Empresa", contou a sindicalista.

Outro dos assuntos que não têm a concordância das organizações sindicais é o aumento salarial de 0,9% proposto pela empresa, que consideram estar "muito abaixo da inflação do país".

No entanto, Sara Gligo sublinhou que os trabalhadores "continuam, como sempre, disponíveis para dialogar e resolver os problemas".

Além da paralisação de 24 horas, os trabalhadores cumprem até ao final deste mês uma greve ao trabalho suplementar e eventos especiais.

Na semana passada, o Metropolitano de Lisboa garantiu que está disponível para procurar "soluções conjuntas de melhoria das condições de trabalho e de remuneração" e ainda para o "aumento de efetivos".

A paralisação do próximo domingo, dia 26, ocorre num fim de semana em que se realiza o festival Rock in Rio, no Parque da Bela Vista.


Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+