Tempo
|
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
A+ / A-

Dispositivo de combate a incêndios reforçado no fim-de-semana devido ao calor

09 jun, 2022 - 18:06 • Hugo Monteiro com Redação

O maior reforço ficará para os distritos de Beja e Faro.

A+ / A-

A Proteção Civil reforça o dispositivo de combate a incêndios ao longo do fim-de-semana.

O risco de incêndio agrava-se significativamente no sábado e domingo perante as previsões de temperaturas elevadas, vento forte e ocorrência de trovoadas.

O comandante Miguel Cruz confirma a subida do nível de alerta.

“O dispositivo especial de combate a incêndios florestais vai ser incrementado para o nível amarelo. Para além das determinações operacionais de reforço de âmbito distrital será também feito um reforço de âmbito nacional com três grupos de reforço de combate a incêndios florestais dos corpos de bombeiros, para além de um empenhamento dos meios permanentes da força especial de proteção civil e da unidade de intervenção da Guarda Nacional Republicana e das companhias de ataque ampliado posicionadas no terreno”, disse.

O comandante Miguel Cruz, da Proteção Civil, explica que o risco de incêndio é maior, nos próximos dias, nos distritos do interior do país.

“Estarão essencialmente no interior norte e centro e a região sul, com incidência nos distritos de Beja e Faro. Será nessas zonas que as temperaturas sobem com maior incidência e onde há maior perigo de incêndio”, acrescenta.

Na origem do calor está, segundo a especialista do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), “uma massa de ar que tem predomínio continental” e “origem no interior da Península Ibérica ou mesmo no Norte de África”.

O termómetro vai subir e poderá atingir os 40 graus em algumas regiões. São valores “acima da média”, diz Maria João Frada, avançando que, “muito provavelmente, o IPMA poderá lançar avisos de tempo quente”.

As regiões mais afetadas pelo calor deverão ser “a Beira Baixa, o interior do Alentejo e eventualmente os distritos mais interiores da região Norte”, indica a meteorologista.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+