A+ / A-

Sinistralidade rodoviária aumentou quase 7% em 2021

25 mai, 2022 - 13:28 • Lusa

Quase 115 mil acidentes registados em 2021.

A+ / A-

A sinistralidade rodoviária aumentou quase 7% no ano passado, em relação a 2020, apesar das restrições de mobilidade e de redução da circulação rodoviária devido à pandemia de covid-19, revela o Relatório Anual de Segurança Interna aprovado esta quarta-feira.

“Os anos de 2020 e 2021 foram atípicos, condicionados pelas restrições na mobilidade que se traduziram numa redução da circulação rodoviária, que, no entanto, aumentou em 2021 na mesma ordem de grandeza do registado no consumo de combustível rodoviário (+5%)”, refere o documento aprovado na reunião do Conselho Superior de Segurança Interna.

O Relatório Anual de Segurança Interna (RASI) precisa que em 2021 registaram-se 114.960 acidentes, mais 7.308 do que em 2020 (+ 6,9%), que provocaram 400 vítimas mortais no local do desastre ou a caminho do hospital, menos quatro (-1%), 2.269 feridos graves, mais 273 (+13,7%) e 35.404 feridos ligeiros, mais 3.333 (+10,4%)

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • ze
    25 mai, 2022 aldeia 13:51
    As cartas de condução são um grande negócio, muitos dos instrutores nem conduzir sabem, apenas guiar um carro, tanta teoria e pouca prática e na estrada é preciso é pratica,saber conduzir no molhado, em terra, saber distancias de travagem etc.....mas nada disto conta, decoram a teoria para passar no exame e depois é o que é.

Destaques V+