Tempo
|
A+ / A-

Varíola dos macacos. Há 23 casos confirmados em Portugal

20 mai, 2022 - 12:50 • Marta Grosso

O número é avançado pela Direção-Geral da Saúde, que diz aguardar por mais análises relativas a outras suspeitas.

A+ / A-
Varíola dos macacos. Que doença é esta que chegou a Portugal?
Varíola dos macacos. Que doença é esta que chegou a Portugal?

Em Portugal, existe 23 casos confirmados de “monkeypox” ou varíola dos macacos, uma doença com sintomatologia ao nível da pele, sobretudo.

A informação é avançada nesta sexta-feira pela Direção-Geral da Saúde (DGS).

“Foram confirmados mais nove casos de infeção humana por vírus Monkeypox em Portugal, havendo, até ao momento, 23 casos confirmados. Aguardam-se resultados relativamente a outras amostras”, refere o comunicado.

Os novos casos foram confirmados pelo Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge (INSA) na quinta-feira, ao final do dia.

“Entre as amostras disponíveis, foi identificada, através de sequenciação, a clade (subgrupo do vírus) da África Ocidental, que é a menos agressiva”, indica ainda a DGS.

14 novos casos em Madrid

Espanha também está a registar um surto da doença. Nesta sexta-feira, as autoridades regionais de Madrid confirmaram a existência de 14 novos casos, elevando o número total no país para 21.

O número poderá aumentar, tendo em conta que existem ainda 20 casos suspeitos, 19 na região central de Madrid e um nas Ilhas Canárias.

A varíola dos macacos é uma infeção viral geralmente leve. Os sintomas incluem febre, dores de cabeça e erupções cutâneas.

Os primeiros casos foram detetados na Grã-Bretanha, onde as autoridades estão a oferecer uma vacina contra a varíola a profissionais de saúde e outros que possam ter sido expostos.

Espanha tem avaliado diferentes opções terapêuticas, como antivirais e vacinas, mas até agora todos os casos apresentam sintomas ligeiros, pelo que as autoridades não consideraram necessário introduzir qualquer tratamento, anunciou a ministra da Saúde espanhola, Carolina Darias.

A doença já foi detetada em outros países europeus.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+