Tempo
|
A+ / A-

Suspeito de planear ataque à Faculdade troca prisão por internamento preventivo

13 mai, 2022 - 18:16 • Ricardo Vieira

O Tribunal de Instrução Criminal de Lisboa decidiu aliviar a medida de coação a que estava sujeito João Carreira.

A+ / A-

O jovem suspeito de planear um ataque contra a Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa vai deixar de estar preso no Hospital de Caxias para ficar em internamento preventivo, avançou esta sexta-feira o jornal Expresso.

O Tribunal de Instrução Criminal de Lisboa decidiu aliviar a medida de coação a que estava sujeito João Carreira.

O suspeito de planear um ataque contra a Faculdade de Ciências ficará em internamento preventivo, pelo menos, durante três meses.

João Carreira, de 18 anos, foi detido a 10 de fevereiro deste ano. Está indiciado pelo crime de terrorismo e posse de armas proibidas.
Na altura da detenção, foi levado para o Estabelecimento Prisional de Lisboa e dois dias depois para o Hospital Prisional de Caxias.
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+