Tempo
|
A+ / A-

Educação

Contratação de cinco mil professores "pode resolver muitos problemas", diz FENPROF

27 abr, 2022 - 22:03 • João Malheiro

Mário Nogueira saúda o fim de "um tempo de bloqueio negocial e do diálogo" e que, neste momento, o Ministério da Educação assumiu compromissos para retomar as conversações, com já duas rondas negociais planeadas.

A+ / A-

O líder da Federação Nacional dos Professores (FENPROF) diz que a abertura de candidaturas para cinco mil professores, anunciada esta quarta-feira "é uma boa medida" que "pode resolver muitos problemas".

Ouvido pela Renascença, Mário Nogueira aponta que a medida já sido proposta no ano passado e que é positivo que tenha agora sido aceite pelo Governo.

"A possibilidade de colegas que, tendo concorrido à contratação e tendo sido colocado longe da residência e desistido, tinham sido impedidos de se candidatar este ano. Recuperar estes professores e completar os horários resolve problemas de falta de professores", explica.

Não obstante, Mário Nogueira aponta que esta trata-se de uma medida "para o imediato" e "é preciso ir mais longe para resolver o problema da precariedade".

"Muitos destes professores são profissionais que têm muitos anos de serviço e continuam com contratos a termo", realça.

FENPROF elogia fim de "tempo de bloqueio" com o Governo

O anúncio da medida foi feito pelo ministro da Educação, João Costa, após uma reunião com os sindicatos representantes dos docentes.

O líder da FENPROF saúda o fim de "um tempo de bloqueio negocial e do diálogo" e que, neste momento, o Ministério da Educação assumiu compromissos para retomar as conversações, com já duas rondas negociais planeadas.

"Para já, o compromisso é acabar com este isolamento do Ministério em relação às organizações sindicais. Agora, vamos aguardar para ver se depois a negociação é para continuar e para ter consequências".

Mário Nogueira pede soluções que não esqueçam que "os professores tenham ficado muito para trás".

E voltou a reiterar que é preciso "valorizar a carreira e contar o tempo de serviço".

Saiba Mais
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+