Tempo
|
A+ / A-

Ameaça de bomba obriga a evacuar prédio na Avenida da Liberdade em Lisboa

26 abr, 2022 - 15:19 • Ana Paula Santos , com Lusa

O alerta foi dado pelas 12h30, através de um telefonema anónimo. A Unidade de Inativação de Explosivos da PSP esteve no local e não identificou qualquer risco.

A+ / A-

A ameaça de bomba, que obrigou à evacuação do edifício da empresa Generali Seguros, na Avenida da Liberdade, em Lisboa, não passou de um falso alarme, disse à Renascença fonte da PSP.

O alerta foi dado pelas 12h30, através de um telefonema anónimo. A Unidade de Inativação de Explosivos da PSP esteve no local e não identificou qualquer risco.

Após várias horas, os trabalhadores do edifício de 15 andares puderam regressar aos seus postos de trabalho.

Segundo indicação do comando de Lisboa da PSP, tudo não passou de falso alarme.

"Inicialmente foi evacuado apenas o piso 0 e o 1, como medida preventiva, mas pelas 14h30 decidiu-se evacuar todo o edifício. São cerca de 15 pisos", tinha referido inicialmente fonte do Comando Metropolitano de Lisboa da PSP (Cometlis).

As autoridades encontraram no primeiro piso do edifício um conjunto de pacotes "de origem desconhecida", tendo sido chamada uma equipa de inativação de engenhos explosivos.

Para o local foram destacados também elementos do Regimento de Sapadores Bombeiros de Lisboa e do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM).

[notícia atualizada às 16h56]

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+