Tempo
|
A+ / A-

Guerra na Ucrânia. Mulheres representam 59% dos acolhidos em Portugal

16 mar, 2022 - 15:04 • Lusa

Mais de um terço dos ucranianos até agora acolhidos em Portugal são crianças dos 0 aos 13 anos.

A+ / A-

Veja também:


Mulheres representam 59% do total dos mais de 10 mil ucranianos acolhidos em Portugal devido à invasão da Ucrânia pela Rússia, disse hoje a secretária de Estado para a Integração e as Migrações.

"São já mais de 10 mil pessoas em pouco mais de duas semanas, quase dois terços são mulheres, ou seja, 59%", disse Cláudia Pereira à margem da inauguração do Centro Local de Apoio à integração de Migrantes (CLAIM), no Instituto Politécnico do Porto (IPP).

Cláudia Pereira adiantou ainda que mais de um terço dos ucranianos até agora acolhidos em Portugal são crianças dos 0 aos 13 anos.

A governante referiu que, em traços gerais, o perfil de quem chega da Ucrânia a Portugal é uma "mãe com duas crianças".

Já em termos de homens, a sua maioria são crianças ou idosos dado que os jovens e adultos ficaram no país a lutar, disse a secretária de Estado.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+