Tempo
|
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
A+ / A-

Operação Nicotilla. GNR ajuda a desmantelar rede de contrabando internacional de tabaco

21 fev, 2022 - 09:33 • Olímpia Mairos

Foram detidas oito pessoas. De acordo com a Europol, os suspeitos lesaram o Estado português em mais de 163 mil euros.

A+ / A-

Uma rede de contrabando internacional de tabaco em Portugal e Espanha foi desmantelada, tendo sido detidas oito pessoas, com idades compreendidas entre os 33 e 61 anos, suspeitas de terem lesado o nosso país em 163.000 euros.

Segundo a Europol, além das detenções foram apreendidas duas toneladas de tabaco cortado, mais de 10 mil cigarros falsificados, diverso equipamento para corte e secagem de tabaco e 37.800 euros em dinheiro.

Os detidos são suspeitos de terem importado ilegalmente de Espanha para Portugal grandes quantidades de folhas e tiras de tabaco, destinadas a produzir cigarros falsificados. A rede criminosa tinha instalações de armazenamento e produção de tabaco espalhadas pelos dois países.

As buscas domiciliárias foram realizadas na província de Sevilla (Espanha) e nas cidades de Coimbra, Lisboa, Leiria e Aveiro (Portugal).

O inquérito já decorria há cerca de um ano e meio e segundo a GNR “teve por objetivo a investigação de uma organização criminosa internacional, que se dedicava à introdução e comercialização fraudulenta de folha de tabaco triturada”.

“O objetivo era controlar um circuito de distribuição e comercialização marginal em território nacional e em Espanha, sustentado num complexo esquema de remessas de encomendas postais a partir do Reino de Espanha, com destino a distribuidores sedeados em território nacional e orientado para a dissimulação do conteúdo e ocultação de remetentes”, lê-se no comunicado.

De acordo com a Europol, os suspeitos contrabandearam mais de sete toneladas de produtos de tabaco de Espanha para Portugal, em 2021, e terão lesado o Estado português em mais de 163.000 euros.

Em comunicado, a GNR indica que foram “constituídos três arguidos de nacionalidade portuguesa, com idades compreendidas entre os 30 e 61 anos, indiciados da prática de factos suscetíveis de consubstanciar os crimes de introdução fraudulenta no consumo qualificada, fraude fiscal qualificada e detenção de arma proibida”.

A operação, denominada Nicotilla, foi realizada no âmbito da Plataforma Multidisciplinar Europeia Contra Ameaças Criminais (EMPACT) e contou com o apoio do Centro Europeu de Crimes Financeiros e Económicos da Europol, da Guarda Civil espanhola, da Direção de Vigilância Aduaneira e da Guarda Nacional Republicana portuguesa.

[Notícia atualizada às 11h34 com dados da GNR]

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+