Tempo
|
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
A+ / A-

Vodafone espera ter rede móvel a funcionar esta tarde

08 fev, 2022 - 11:52 • Cristina Nascimento

Empresa classifica o ataque como um "ato terrorista e criminoso" e tem como "prioridade máxima recuperar o máximo de serviços possível".

A+ / A-

O presidente executivo da Vodafone Portugal Mário Vaz diz esperar que esta terça-feira à tarde a dados móveis sobre a rede 4G já esteja a funcionar. O anúncio foi feito em conferência de imprensa, na sede da empresa, em Lisboa.

A Vodafone Portugal foi alvo de um ataque informático segunda-feira ao fim do dia. Os clientes estão, desde então, a ser afetados, embora alguns serviços já tenham sido recuperados, nomeadamente o serviço de voz e dados 3G.

"Pelas 21h00 fomos confrontados com uma interrupção abrupta da quase totalidade dos nossos serviços de comunicaçãoes, à excepção do serviço fixo de internet e de uma parte expressiva ainda de clientes de televisão, todos os demais serviços foram afetados, incluindo a total indisponibilidade do servilç de apoio a clientes", descreveu o presidente executivo CEO da Vodafone Portugal Mário Vaz.

"Estamos a refazer tudo aquilo o que nos foi desfeito", assegurou, explicando que conseguiram recuperar "o serviço de voz sob rede 2G cerca das 22h30". O serviço de SMS já foi recuperado pontualmente esta terça-feira de manhã, acrescentou ainda.

Mário Vaz garantiu ainda que "não houve corrupção de dados dos clientes", pedindo desculpa pelos incomóodos causados e garantindo que a "prioridade absoluta" é recuperar os serviços.

"Foi um ataque dirigido à rede com o objetivo de a tornar inoperacional", revelou Mário Vaz, classificando o ataque como um "ato terrorista e criminoso".

A Vodafone tem quatro milhões de clientes, entre os quais INEM, SIBS e bombeiros, sendo que o serviço destas entidades foi afetada pelos problema na rede Vodafone.

A empresa revelou que estão a colaborar com a Polícia Judiciária que está a investigar o ataque. Mário Vaz deixou ainda uma nota de agradecimento aos muitos, incluindo concorrentes, que têm prestado ajuda e solidariedade.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+