Tempo
|
A+ / A-

Covid-19

Mais de 4,8 milhões de vacinados com dose de reforço

30 jan, 2022 - 18:05 • Lusa

Os dados indicam também que há mais 1.782 pessoas com o esquema vacinal primário completo, o que corresponde a um total de 8.790.758.

A+ / A-

Veja também:


Portugal já tem mais de 4,8 milhões de pessoas vacinadas com a dose de reforço contra a Covid-19, de acordo com o relatório de vacinação diário divulgado pela Direção-Geral da Saúde (DGS), este domingo.

Segundo os dados, até sábado foram vacinadas mais 84.013 pessoas com dose de reforço contra a Covid-19 face ao dia anterior, elevando o total de vacinados com reforço para 4.865.254.

Os dados indicam também que há mais 1.782 pessoas com o esquema vacinal primário completo, o que corresponde a um total de 8.790.758.

Já entre os mais novos elegíveis para a vacinação, os dados mostram que em 24 horas mais 11 crianças entre os 5 e os 11 anos iniciaram a vacinação, num total de 301.056 crianças com o processo iniciado.

No que respeita à vacinação contra a gripe, mais 3.977 pessoas foram vacinadas até 29 de janeiro, totalizando 2.563.741 indivíduos vacinados contra a gripe neste inverno.

"Relativamente ao dia anterior, foram registadas um total de mais 89.783 inoculações de vacinas contra a Covid-19 (esquema primário completo e reforço) e contra a gripe", lê-se no relatório.

Por faixas etárias, são as pessoas entre os 70 e os 79 anos que registam uma maior percentagem de vacinados com dose de reforço (95%), seguida dos que têm 80 ou mais anos (93%).

Na faixa etária entre os 60 e os 69 anos, a percentagem é de 88%, e na que respeita aos 50 e 59 anos esta é de 73%.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+